Candidaturas

ANO LETIVO 2021 / 2022

Licenciaturas | Estudante Internacional

Candidaturas abertas até 14/6/2021

As candidaturas estão abertas em permanência até 14 de junho de 2021. Os resultados são divulgados nas seguintes datas, considerando as candidaturas submetidas até aos dez dias úteis que antecedem a divulgação:

Divulgação de resultados

1.ª fase | 22/01/2021
2.ª fase | 26/02/2021
3.ª fase | 26/03/2021
4.ª fase | 07/05/2021
5.ª fase | 25/06/2021

Formação pós-graduada | Mestrados, Pós-Graduações e Doutoramentos

Informação a disponibilizar brevemente

- As reclamações aos resultados podem ser apresentadas no prazo de cinco dias úteis contados a partir da data da divulgação dos resultados, e o prazo de matrículas e inscrições para as reclamações atendidas decorrem nos dois dias úteis seguintes à decisão;
- A abertura das fases de candidatura está condicionada à existência de vagas.

TAXA DE CANDIDATURA

A candidatura só é considerada válida após o pagamento da taxa de candidatura dentro do prazo de candidaturas da respetiva fase. Esta taxa não é reembolsável em caso de desistência, não admissão ou exclusão ao curso.

Licenciaturas | Estudante Internacional

€ 65 Todas as escolas (todas as fases)

A taxa de candidatura liquidada pelos candidatos admitidos, que procedam à matrícula e inscrição nos prazos definidos, é deduzida na propina.

Formação Pós-Graduada | Mestrados, Pós-Graduações e Doutoramentos

O valor da taxa de candidatura é variável, entre € 50 e € 150, e pode ser consultado nas páginas dos cursos.

A taxa de candidatura liquidada pelos candidatos admitidos aos cursos da ECSH, ESPP e ISTA, que realizem a matrícula e inscrição na 1.ª fase de candidaturas, é deduzida na propina.

TAXA DE RESERVA DE MATRÍCULA

A taxa de reserva de matrícula é o emolumento que garante a vaga aos candidatos admitidos e admitidos condicionalmente, e o acesso ao processo de matrícula e inscrição. O valor da taxa é variável e pode ser consultado nas páginas dos cursos.

O pagamento da taxa realiza-se nos cinco (5) dias úteis subsequentes à divulgação dos resultados, de acordo com o calendário de candidaturas.

O valor pago é deduzido no montante da propina e não é reembolsável em caso de desistência.

Licenciatura | EStudante Internacional

  • Fotografia digital;
  • Cópia do cartão de cidadão ou documento legal equivalente;
  • Cópia dos certificados de todas as habilitações com as respetivas classificações;
  • Transcrição de notas com todas as unidades curriculares e classificações;
  • Carta de motivação, indicando os seus motivos do interesse no Iscte e curso a que se candidata;
  • Comprovativo de proficiência linguística, de acordo com a língua de ensino do curso para qual se candidata (nível mínimo B1, do Quadro Europeu Comum de Referência) - não aplicável a candidatos de países de língua de expressão portuguesa /inglesa;
  • Outros documentos solicitados no âmbito de cada curso.

Formação Pós-Graduada | Mestrados, Pós-Graduações e Doutoramentos

  • Fotografia digital;
  • Cópia do cartão de cidadão ou documento legal equivalente;
  • Cópia do cartão de contribuinte ou documento equivalente;
  • Curriculum vitae;
  • Cópia dos certificados de todas as habilitações com as respetivas classificações:
    o Os finalistas de licenciatura têm até ao final de setembro para a conclusão do curso;
    o Os finalistas de mestrado têm até 30 de novembro para a conclusão do curso e apresentação dos respetivos comprovativos.
  • Transcrição de notas com todas as unidades curriculares e classificações;
  • Outros documentos solicitados no âmbito de cada curso.

Certificados emitidos por instituições estrangeiras

Os detentores de certificados ou diplomas emitidos por instituições de ensino superior estrangeiras devem assegurar que documentos apresentados na candidatura:

  • Mencionam a classificação final obtida para a conclusão do grau e a respetiva escala positiva;
  • São acompanhados de documento comprovativo das unidades curriculares realizadas para obtenção do grau, respetivas classificações e duração do curso;
  • São acompanhados de tradução certificada, sempre que se encontrem numa língua estrangeira que não o espanhol, francês, inglês ou italiano.

A candidatura não será analisada caso os documentos apresentados não cumpram as condições referidas.

A matrícula/inscrição dos candidatos admitidos a curso de licenciatura, mestrado ou doutoramento está condicionada à apresentação presencial dos originais dos documentos apresentados na candidatura até 30 de outubro, sob pena da sua anulação.

Quero candidatar-me. Quando posso fazê-lo?

A submissão de candidaturas está limitada ao período atribuído a cada uma das fases. A data de cada uma das fases de candidatura está disponível na página dos cursos.

Gostava de me candidatar mas a fase anterior já terminou. Posso aguardar pela seguinte?

A abertura de fases está condicionada à existência de vagas. Sugerimos a consulta do calendário de candidaturas nas páginas dos cursos para conhecer esta informação.

Onde posso consultar os critérios de seleção e seriação?

Esta informação está disponível no separador “Candidatura” nas páginas dos cursos.

É possível apresentar a minha candidatura presencialmente?

Não. A candidatura é feita exclusivamente online através do sistema Fénix. As exceções a esta regra limitam-se aos candidatos a licenciatura por via dos maiores de 23 e mudança de par instituição/curso.

Que documentos são necessários para efetuar a minha candidatura?

Os documentos necessários à formalização da candidaturas estão descritos no separador "Documentos" (à esquerda, neste menu). O curso a que se pretende candidatar pode solicitar documentos / informação adicional.

Existe alguma taxa associada à submissão da minha candidatura?

Sim. O valor da taxa de candidatura associada ao curso a que se está a candidatar pode ser consultado no separador "Taxas" (à esquerda, neste menu). Este valor é ideal e preferencialmente pago por referência multibanco, a qual é disponibilizada pelo sistema.

Posso candidatar-me a mais do que um curso?

Sim, mediante o pagamento da respetiva taxa de candidatura para cada um dos cursos a que se candidata.

O que é o Número de Identificação Fiscal - NIF? Posso candidatar-me sem NIF?

Em Portugal, este é o número de identificação do contribuinte ou da entidade fiscal para um conjunto de atividade, declarações e transações. Este número só será pedido em sede de candidatura se identificar uma morada portuguesa. Os residentes no estrangeiro não têm de indicar este número.

Quando sei o resultado da candidatura?

O resultado da candidatura é divulgado via email, na data indicada no email de confirmação de candidatura (o qual recebe após o pagamento da taxa de candidatura).

Fui admitido. E agora?

Em caso de admissão, deve proceder ao pagamento da taxa de reserva nos cinco dias subsequentes à divulgação de resultados, de acordo com a data limite constante no email de admissão.

O que é a taxa de reserva de matrícula?

A taxa de reserva de matrícula é o emolumento que garante a vaga aos candidatos admitidos, e admitidos condicionalmente, e o acesso ao processo de matrícula e inscrição. O pagamento da taxa realiza-se nos cinco dias subsequentes à divulgação dos resultados, de acordo com a informação constante do calendário geral de candidaturas.

Não realizei o pagamento da taxa de reserva de matrícula no prazo indicado. E agora?

A vaga é libertada. Caso mantenha o interesse no curso e ainda estejam a decorrer períodos de candidaturas, poderá contactar-nos através de application.support@iscte-iul.pt para reiniciar processo de candidatura, sujeito a pagamento de nova taxa de candidatura e reapreciação e seriação do processo.

Na ata dos resultados encontro-me como candidato suplente. O que significa?

Os candidatos suplentes são aqueles que, cumprindo os critérios de admissão e seriação e tendo nota para serem admitidos ao curso, não o podem ser por limitação de vagas e por haver candidatos com notas de seriação superiores à sua. Os candidatos suplentes são chamados por ordem, desde que haja libertação de vaga.

A quem se aplica o Estatuto do Estudante Internacional?

O estatuto de estudante internacional aplica-se aos estudantes que:

  • Não tenham nacionalidade portuguesa nem de outro país da União Europeia.
  • Não residam legalmente em Portugal há mais de 2 anos à data de 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no Ensino Superior.
  • Não sejam familiares (cônjuges, parceiros em união de facto, descendentes ou ascendentes diretos, com menos de 21 anos de idade, seus ou que estejam a seu cargo ou do cônjuge ou parceiro em união de facto) de portugueses ou de nacionais de outros países da União Europeia.
  • não sejam beneficiários, à data de 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no Ensino Superior, de estatuto de igualdade e deveres.
  • não requeiram o ingresso no Ensino Superior através dos regimes especiais de acesso e ingresso regulados pelo Decreto-Lei n.º 393-A/99, de 2 de outubro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 272/2009, de 1 de outubro.

Os estudantes que ingressem no ensino superior ao abrigo do Estatuto do Estudante Internacional mantêm a qualidade de estudante internacional até ao final do ciclo de estudos em que se inscreveram inicialmente ou para que transitem, ainda que, durante a frequência do ciclo de estudos, lhes venha a ser concedido o estatuto de igualdade de direitos e deveres. Excetuam -se os estudantes internacionais que adquiram a nacionalidade de um Estado membro da União Europeia, sendo que a cessação da aplicação do estatuto de estudante internacional em consequência da obtenção dessa nacionalidade produz efeitos no ano letivo subsequente à data da sua aquisição.

Os candidatos dos PALOP são abrangidos pelo Estatuto do Estudante Internacional?

De acordo com a legislação em vigor, o estatuto de estudante internacional também se aplica aos candidatos dos PALOP. No entanto, os candidatos a Mestrados do Iscte que sejam nacionais de um País Africano de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), por Deliberação do Conselho de Gestão, efetuam pagamento de propina como estudante nacional.

A propina aplicada ao Estudante Internacional é diferente da praticada para os restantes?

Sim. Para consultar informação relevante sobre propinas deve aceder à página do curso. Atualmente, o estatuto de estudante internacional ainda não está ainda a ser aplicado aos Doutoramentos.

1. Candidatura online

A candidatura é realizada online, através do sistema Fénix.

2. Pagamento da taxa de candidatura

Após a submissão da candidatura, o sistema disponibiliza a opção para pagamento da taxa. A candidatura só é considerada válida após o pagamento e submissão do comprovativo no sistema Fénix.
O pagamento da taxa de candidatura deve ser feito durante o período de candidaturas. Não são consideradas validas candidaturas com pagamento posterior ao final da fase.

3. Análise de candidaturas

A Comissão de Análise de Candidaturas verifica as candidaturas pagas apresentadas, aplicando os critérios de seleção e seriação, e prepara a lista ordenada de candidatos, de acordo com as vagas disponíveis em cada fase.

4. Divulgação dos resultados

Os resultados são comunicados aos candidatos através de notificação para o email facultado no ato da candidatura.

5. Pagamento da taxa de reserva

Os candidatos admitidos, e admitidos condicionalmente, recebem os dados necessários ao pagamento da taxa de reserva na notificação de admissão.

6. Matrícula e inscrição

A matrícula e inscrição é realizada online no sistema Fénix, após o pagamento da taxa de reserva.

7. Pagamento da propina

A propina é disponibilizada no sistema Fénix até três dias após a matrícula e inscrição. O estudante tem dez dias úteis para a liquidação do montante devido.

Licenciatura | Estudante Internacional

Os candidatos que pretendem ingressar nos cursos de Licenciatura e de Mestrado Integrado do Iscte - Instituto Universitário de Lisboa ao abrigo do Estatuto de Estudante Internacional, serão seriados de acordo com os seguintes critérios:

a) A nota média final (escala de 0 a 20) obtida no ensino secundário - contribui 60% para a classificação final;
b) A nota (escala de 0 a 20) obtida na(s) disciplina(s) específica(s) no ensino secundário (considerando-se a melhor solução para o estudante no caso de ser possível o ingresso através de disciplinas alternativas), contribui 40% para a nota final de acesso.

A classificação final resulta da média ponderada das alíneas a) e b), apresentada numa escala de 0 a 20 e arredondada às unidades.

Para serem admitidos a concurso, os candidatos deverão disponibilizar:

- Prova de conclusão do ensino secundário, bem como de todas as notas e médias referidas nas alíneas anteriores, clarificando, em todos os casos, a escala em que cada nota foi atribuída (e qual o valor mínimo e máximo em cada caso);
- Carta de motivação, indicando os seus motivos do interesse no Iscte – Instituto Universitário de Lisboa e no ciclo de estudos a que se candidata;
- Comprovativo de proficiência linguística, de acordo com a língua de ensino do ciclo de estudos para qual se candidata (nível mínimo B1, do Quadro Europeu Comum de Referência). Este critério não é aplicável a candidatos de países de língua de expressão portuguesa /inglesa, bem como candidatos falantes de espanhol/castelhano.

Só serão admitidos candidatos cuja classificação final seja igual ou superior a 10 valores (escala de 0 a 20).

Aos candidatos admitidos com classificação final e / ou classificação nas disciplinas referidas na alínea b) inferiores a 13 valores, bem como aos que apresentem proficiência linguística oral e/ou escrita em limiares que dificultem o sucesso académico, poderá ser identificada a necessidade de reforço de competências fundamentais do ciclo de estudos, através da frequência prévia de unidades curriculares indicadas pela Comissão de Análise de Candidaturas.

Os candidatos não admitidos por inexistência de vagas são designados por suplentes e podem ser chamados por ordem de seriação, no caso de desistência de candidatos admitidos.

Formação Pós-Graduada | Mestrados, Pós-Graduações e Doutoramentos

  • Consulte os critérios de seriação e seleção disponíveis no separador "Candidatura" nas páginas dos cursos

NÃO TEM CONTA @ISCTE?

As candidaturas aos cursos do Iscte são feitas através de um sistema central de candidaturas online. Crie uma conta para iniciar a sua candidatura e obter acesso a este sistema.

Criar conta

TEM CONTA @ISCTE?

Se já possui credenciais de acesso ao sistema Fénix, deverá entrar na sua área e efetuar a candidatura através do portal "Candidaturas".

Iniciar sessão

Para apoio no processo de candidatura contacte application.support@iscte-iul.pt.

A abertura dos cursos está condicionada a um número mínimo de matriculados.

O calendário geral não dispensa a consulta dos calendários específicos disponíveis nas páginas dos cursos.

Quer candidatar-se mas tem dúvidas? Contacte-nos aqui.

Voltar ao topo