Mestrado

Acreditações

A3ES logo

Ver mais

Acreditado
6 Anos
30 jul 2020
Registo DGES
Registo inicial R/A-Ef 1053/2011 de 18-03-2011
Registo de alteração R/A-Ef 1053/2011/AL01 de 04-03-2016 | R/A-Ef 1053/2011/AL02 de 05-05-2017 | R/A-Ef 1053/2011/AL03 de 17/12/2020
Contactos
Escola de Ciências Sociais e Humanas
Candidaturas
Edifício Sedas Nunes (Edifício I), Sala 1E05
candidaturas.ecsh@iscte-iul.pt
(+351) 210 464 016
9:30 - 18:00
Candidatar
Leccionado em Português

Aos mercados e às instituições financeiras chegam diariamente fluxos de informação de natureza macroeconómica, de natureza sectorial e empresa a empresa. O Mestrado em Economia Monetária e Financeira procura analisar a forma como esta informação é processada pelos profissionais da área e o resultado que daí decorre em termos do equilíbrio nos vários mercados. Os mercados obrigacionista, acionista e cambial são estudados em detalhe e existe uma disciplina exclusivamente dedicada ao mercado de produtos financeiros derivados.

A política monetária e a sua transmissão por via do sistema bancário recebem especial destaque devido ao papel determinante que têm para a evolução da economia, em geral, e dos mercados financeiros, em particular. Da mesma forma, estuda-se o impacto da divulgação de nova informação macroeconómica e da publicação de estudos sobre vários setores da atividade económica (energia, extração mineira, indústria automóvel, construção e imobiliário, telecomunicações, turismo e hotelaria, saúde, entre outros setores).

Direção

Candidatar

Informações Gerais

Duração
2 anos
Língua
Português
ECTS
120
Horário
Pós-laboral
Candidaturas
2023-12-18 00:01 - 2024-01-31 17:00
2024-02-01 00:01 - 2024-03-20 17:00
2024-03-21 00:01 - 2024-05-15 17:00
2024-05-16 00:01 - 2024-07-10 17:00
1.ºAno 2900.00
2.ºAno 1600.00
1.ºAno 4000.00
2.ºAno 2000.00
* Informação para o ano letivo de 2024/2025
Contactos
Escola de Ciências Sociais e Humanas
Candidaturas
Edifício Sedas Nunes (Edifício I), Sala 1E05
candidaturas.ecsh@iscte-iul.pt
(+351) 210 464 016
9:30 - 18:00
Candidatar
Voltar ao topo