Docentes

Ana Caetano, doutorada em sociologia pelo ISCTE-IUL, é investigadora no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) e professora auxiliar convidada no Departamento de Métodos de Pesquisa Social da Escola de Sociologia e Políticas Públicas do ISCTE-IUL. Tem como principais interesses de investigação rupturas no percurso biográfico, reflexividade individual, relação estrutura-agência e métodos biográficos. Actualmente coordena o projecto "Ecos biográficos: triangulação no estudo dos percursos de vida", desenvolve uma investigação sobre a experiência de crises biográficas entitulada "Viver em tempos de crise: eventos, causas e efeitos das crises biográficas" e integra a equipa da pesquisa "LINKED - Vidas vinculadas: uma abordagem multinível longitudinal e mista ao curso de vida da família", sendo todos estes projectos financiados pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).
Margarida Barroso é investigadora no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia - Instituto Universitário de Lisboa. Desenvolve investigação sobre trabalho, organizações, profissões, género, educação e políticas sociais. Nos últimos dez anos, participou em vários projectos de investigação nacionais e internacionais sobre a integração laboral de jovens, mulheres e trabalhadores-cuidadores, assim como sobre estratégias organizacionais de promoção da qualidade de vida no trabalho e do bem-estar. Completou o doutoramento em 2013, com uma tese sobre a evolução da qualidade do trabalho no contexto da crise económica, que comparou as condições de vida e de trabalho de gestores portugueses e suecos da mesma empresa multinacional. Actualmente, na sua investigação de pós-doutoramento, desenvolve uma pesquisa comparativa sobre as estratégias organizacionais de ajustamento à crise económica no sul da Europa (Portugal, Espanha, Grécia). Trabalhou como estagiária graduada na EUROFOUND (Dublin), como doutoranda visitante na Universidade de Gotemburgo (Suécia) e como investigadora visitante na Universidade Pompeu Fabra (Barcelona, Espanha).
Doutoramento em Sociologia, na área de Teoria e Método. É professora associada com agregação do ISCTE-IUL. Diretora da Pós-graduação em Análise de Dados em Ciências Sociais do ISCTE-IUL. Leciona e coordena diversas unidades curriculares de Estatística e Análise de Dados em cursos de Mestrado e de Doutoramento. É investigadora do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) do ISCTE-IUL. Linhas de investigação: Métodos quantitativos, multivariados e de interdependência para explorar variáveis categorizadas, privilegiadamente desenvolvidos pela Escola de Leiden: Análise de Correspondências Múltiplas (ACM) e análise não-linear em Componentes Principais (CatPCA); métodos de dependência para variáveis categorizadas (CATREG); modelos multinível; análise longitudinal com multinível; modelos de medida (análise factorial confirmatória); modelos de equações estruturais; modelação com moderação e com mediação e métodos de estimação bootstrapping. Coordena e lecciona diversas unidades curriculares de métodos de análise de dados em Mestrado e em Doutoramento.
Professora Auxiliar no ISCTE-IUL e CIES. Concluiu o Mestrado e o Doutoramento na área da Demografia pela FCSH da Universidade Nova de Lisboa. Autora de 20 artigos científicos e 10 capítulos de livro na área da demografia, em particular sobre:  fecundidade, contracepção, mortalidade, migrações e projecções demográficas.
Socióloga de longa duração, licenciei-me em Sociologia em 2001 na FCSH-UNL, tendo mais o concluído o Mestrado em Família e Sociedade (ISCTE-IUL, 2006), e a Pós-Graduação em Análise de Dados em Ciências Sociais (ISCTE-IUL, 2008). Concluí o meu Doutoramento e Sociologia no ISCTE-IUL sobre transições para a vida Adulta em Portugal e na Europa, onde segui a perspectiva crítica, teórica e metodológica do curso de vida.  Interesso-me e tenho-me debruçado sobretudo por temáticas como Trajetórias Sociais (nomeadamente dos Jovens), Métodos de Pesquisa Quantitativa e Qualitativa, Perspectiva do Curso de Vida, Sociologia da Família e Desigualdades Sociais.  Actualmente sou Investigadora do CIES-IUL. Em breve darei início ao contrato de Investigadora Auxiliar, posição ganha no concurso competitivo CEEC de 2017. Coordeno um projecto de Investigação Financiado pela FCT, intitulado "Vidas Vinculadas. Uma abordagem longitudinal, multinivel e mista ao curso de vida da familia", e co-coordeno um projecto financiado no mesmo concurso intitulado "Ecos biográficos: triangulação no estudo dos percursos de vida". Sou também a coordenadora local do Projecto European Cohort Development Project, financiado por H2020 e coordenado pela Metropolitan Manchester University.  Sou igualmente Professora Auxiliar Convidada no Departamento de Métodos de Pesquisa Social; Co-coordenadora da Secção Temática Famílias e Curso de Vida da Associação Portuguesa de Sociologia, Representante da Society for Longitudinal and Life Course Studies, membro da Pool of European Youth Researchers of the Youth Partnership e Co-Vice Coordenadora da RN30 Youth and Generation da Associação Europeia de Sociologia. Pertenço à comissão de acompanhamento do Plano Nacional de Juventude. Tenho publicado nacional e internacionalmente, em formatos diversos dos quais destacaria os artigos científicos em revistas indexadas (Quality and Quantity, Journal of Youth Studies, Sociologia, Contemporary Social Science, por exemplo) e os capítulos de livros em edições sobre Juventude na Routlegde, Brill, Palgrave Macmillan. Acredito numa sociologia pública e tenho publicado artigos de opinião científica em diferentes plataformas das quais destacaria o jornal Público e a Plataforma Barómetro Social. 
Rita Cachado é doutorada em Antropologia Urbana (Programa Internacional de Doutoramento em Antropologia Urbana ISCTE Lisboa/URV Tarragona) com tese sobre a população Hindu na Área Metropolitana de Lisboa e as suas condições habitacionais num bairro de habitação informal e respetivo processo de realojamento. Desenvolveu uma etnografia de longa duração com famílias Hindus em Lisboa e outros contextos urbanos como Londres, Leicester, Diu, Maputo, permitindo a aquisição de uma diversidade de competências metodológicas. É investigadora integrada no CIES-IUL desde 2009, onde atualmente desenvolve pesquisa sobre Etnografia Urbana em Portugal. É professora Convidada em Pesquisa de Terreno e em Etnografia Urbana (UC coordenadas por Graça Cordeiro), e é membro da direção da Associação Portuguesa de Antropologia (APA).
Voltar ao topo