Docentes

Aida Valadas de Lima, Professora Auxiliar do Departamento de Sociologia da Escola de Sociologia e Políticas Públicas do Instituto Universitário de Lisboa, ISCTE-IUL. Doutorada em Sociologia pelo Instituto Universitário de Lisboa, ISCTE-IUL com uma tese intitulada Agricultura e Ruralidade em Portugal: 1970-2000. Leciona (na Licenciatura de Sociologia e no Mestrado de Estudos do Ambiente e da Sustentabilidade da Escola de Ciências Sociais e Humanas) e investiga nas áreas da sociologia geral, da sociologia rural e da sociologia do ambiente. Em 1992, com o Professor Afonso de Barros, foi a responsável pelo processo de institucionalização da sociologia do ambiente nos curricula dos então cursos de Sociologia e de Sociologia e Planeamento do ISCTE. Orientou várias teses e trabalhos de investigação de Mestrado e de Doutoramento, tendo também integrado vários júris de provas de 2º e 3º Ciclos. No domínio da administração e da gestão académica, foi ao longo vários anos membro do Conselho Pedagógico e coordenadora do 3º Ano da Licenciatura de Sociologia. Tem diversas publicações em português e inglês em livros e revistas de especialidade. Organizou e participou em diversos encontros científicos e realizou trabalhos de arbitragem e de avaliação científica para várias revistas da especialidade, portuguesas e estrangeiras. Foi membro cofundador do OBSERVA - Sociedade, Ambiente e Opinião Pública, programa de investigação criado em 1996 e desenvolvido pelo ISCTE e pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, no âmbito do qual foi responsável por vários projetos de investigação. Atualmente, é Investigadora Associada do CIES-IUL e do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-UL). Foi, ainda, Assistente de Investigação no Centro de Estudos de Economia Agrária do Instituto Gulbenkian de Ciência (CEEA/IGC) e Investigadora do Centro de Estudos Territoriais (CET/ISCTE).
Docente do ISCTE-IUL desde 1983 nas áreas da Sociologia do Trabalho e das Organizações e Relações de Emprego. Ao longo da carreira, tem também investigado e publicado nessas áreas, geralmente com um enfoque transversal sobre o sindicalismo. Organizou e ainda é Diretor do Mestrado em Ciências do Trabalho e Relações Laborais, onde leciona as UC relacionadas com Sindicalismo e Relações Industriais. Já desempenhou responsabilidades científicas institucionais e de gestão departamental.
Docente do ISCTE desde 1985, nascido em Lisboa em 1956, doutorado e agregado em Sociologia em 1996 e 2004 respectivamente. Investigador do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia, CIES. Desenvolve uma epistemologia da sociologia instabilidade, disponível para lidar com as naturezas sociais próprias dos humanos, nomeadamente a violência e a moral, dependente de saberes fora do âmbito da teoria social, por exemplo das neuro ciências, da biologia e das doutrinas quando estudam fenómenos emergentes. O conceito sociológico charneira é "estados-de-espírito" e o programa científico dominante é descobrir o equivalente à tabela periódica dos estados de espírito. Escreve livros, como Espírito de Submissão, Espírito Proibicionista, Espírito de Marginalidade, Sociologia da Instabilidade (este último apenas disponível na internet). Organiza conferências reproduzidas em livros: Ciências de Emergência (2008) e Prisões na Europa (2003). É membro da Associação Contra a Exclusão pelo Desenvolvimento/ACED, http://iscte.pt/~aced/ACED, iniciativa de pessoas reclusas para romperem o cerco que as inibe de exercer os direitos de livre expressão. Co-autor com António Alte Pinho do livro "Vozes contra o silêncio – movimentos sociais nas prisões portuguesas" (2004). Autor de Segredos das Prisões Portuguesas (2012).
Investigadora Principal, nos últimos anos, de quatro projectos de investigação (três financiados pela FCT e outro, a decorrer, financiado pelo Civil Society Empowerment Programme da Comissão Europeia) e investigadora de três projectos internacionais de consórcio, Cláudia Álvares integra actualmente o European Science Foundation College of Experts. Tem exercido funções de avaliadora, desde 2014, para o European Research Council, Acções Cost, a British Academy, FCT e A3ES. Foi eleita presidente da European Communication Research and Education Association (ECREA) para o mandato 2012-2016, tendo sido editora da colectânea Routledge Studies in European Communication Research and Education e editora sénior da revista em acesso aberto ‘Cogent Social Sciences’ do Grupo Taylor & Francis (Routledge). Entre as suas publicações principais encontram-se Media in Europe: New Questions for Research and Policy (co-authoria, 2014), Gendered Transformations: Theory and Practices on Gender and Media (co-autoria, 2010), Teorias e Práticas dos Media: Situando o Local no Global (org. conjunta, 2010), Representing Culture: Essays on Identity, Visuality and Technology (org., 2008), Humanism after Colonialism (2006). Os seus artigos peer-review mais recentes foram publicados nas revistas Feminist Media Studies, Empedocles: European Journal for the Philosophy of Communication, European Journal of Communication, International Commmunication Gazette, Javnost – The Public e The International Journal of Iberian Studies. Doutorada pela Goldsmith’s College, University of London (2001), é professora associada no Departamento de Sociologia (área de Comunicação e Media) do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa.
Nasceu em Luanda, Angola, em 1959. Licenciado (1983) e doutorado (2001) em Sociologia pelo ISCTE-IUL, é Professor Associado do Departamento de Sociologia e investigador do CIES-IUL. Foi Vice-Reitor da Investigação entre março de 2014 e março de 2018. Foi membro do Conselho Geral do ISCTE-IUL (2013-2018). Foi Diretor do CIES-IUL (2006-2014). Foi Diretor do Doutoramento em Sociologia do ISCTE-IUL (2011-2014). Fundou e foi o primeiro Diretor da Editora Mundos Sociais (2010-2014). Tem um extenso registo de investigação e publicação nos domínios das classes sociais e desigualdades; migrações e etnicidade; juventude; sociologia da sociologia; valor económico e cultural da língua portuguesa. Orientou ou coorientou, estando concluídas, 14 teses de doutoramento e 31 dissertações de mestrado. Iniciou a sua atividade profissional no Instituto de Estudos para o Desenvolvimento (1984-1986) e foi contratado como assistente estagiário pelo ISCTE-IUL em 1985. Foi estagiário de investigação no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa entre 1987 e 1989.
  Gustavo Cardoso is an associate researcher at CIES, ISCTE-IUL and Professor of Technology and Society at ISCTE - Lisbon University Institute. He also works with the Department of Communications and Performance Studies of the University of Milan and with the Portuguese Catholic University. His international cooperation in European research networks brought him to work with IN3 (Internet Interdisciplinary Institute) in Barcelona, WIP (World Internet Project) at USC Annenberg, COST A20 "The Impact of the Internet in Mass Media" and COST 298 "Broadband Society". Between 1996 and 2006 he was adviser on Information Society and telecommunications policies to the Presidency of the Portuguese Republic and In 2008 was chosen by the World Economic Forum as a Young Global Leader. He is co-editor, with Manuel Castells, of the book Network Society: from Knowledge to Policy and Associate Editor at the peer-reviewed journals IJOC at USC Annenberg and IC&S at Routledge. He is a member of the evaluation panels of the European Research Council (ERC) and of the ESF (European Science Foundation).
Jorge Vieira nasceu no Porto e é atualmente Professor Auxiliar no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa. É doutorado em Sociologia, mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação e licenciado em Sociologia. Para além da docência desenvolve investigação no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) e no OberCom - Observatório da Comunicação enquanto investigador integrado.  Media e cultura, e a forma como se interligam, são as suas principais áreas de interesse.
Professor Associado do Departamento de Sociologia do ISCTE-IUL (desde 2020). Docente nos Programas Doutorais de Sociologia (ISCTE-IUL, desde 2006), Estudos Urbanos (FCSH-UNL/ISCTE-IUL, 2016-7) e Serviço Social (ISCTE-IUL, 2004-5). Director (desde 2009) e docente (desde 2006) do Mestrado de Sociologia do ISCTE-IUL. Docente nas Licenciaturas de Sociologia (desde 1994) e OGE (1991-4) do ISCTE-IUL, e de Engenharia do Ambiente no Instituto Superior Técnico (1997-9). Sub-director (2013-6) e membro da Comissão Executiva (1995-8) do Departamento de Sociologia ISCTE-IUL. Membro das Comissões Científicas do Doutoramento em Serviço Social do ISCTE-IUL (2007-8) e do Mestrado em Ciências Sociais do ISCTE-Instituto Politécnico de Viseu (2003-6). Co-coordenador da área de Desigualdades, Migrações e Território (desde 2006), Presidente da Assembleia Geral da Cooperativa (desde 2012), membro da Direcção da Cooperativa (2006-12), membro da Direcção (1998-2000; 1995-8), e investigador (desde 1987) do CIES-IUL. Membro da Comissão Executiva (1998-2000) e investigador  (1997-2001) no OBSERVA - Observatório do Ambiente, Sociedade e Opinião Pública. Investigador no Centro de Filosofia das Ciências da Universidade de Lisboa (2005-6). Investigador no Observatório das Actividades Culturais (1996-7). Membro da Direcção (1991-3) e investigador (1991-2005) no Centro de Estudos Territoriais CET- IUL. Bolseiro de Investigação do Instituto de Ciências Sociais (1990-1), do Observatório Permanente dos Estudantes Universitários (1989-90), e da Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (JNICT) (1988-9). Investigador no Núcleo de Estudos Urbanos e Territoriais CIES-IUL (1987-91).  Colaboração em 59 projectos de investigação e estudos, com responsabilidade de coordenação em 32. Participação em 23 livros, 24 artigos científicos, 21 artigos em actas de reuniões de natureza científica, e 95 comunicações orais em eventos científicos. Membro do Conselho Editorial (desde 2003) e da Comissão Editorial  (1993-2018) da revista Sociologia, Problemas e Práticas.  Membro do Conselho de Deontologia (2006-10), da Assembleia Geral (1994-8), da Comissão Coordenadora da Secção do Campo Profissional (1991-4), e sócio (desde 1988) da Associação Portuguesa de Sociologia. Membro da Associação Internacional de Sociologia, e do European Urban Knowledge Network.  Colaborações com diversas instituições de ensino superior em Portugal e noutros países, nomeadamente com o Istituto Universitario di Architettura di Venezia, University of Stellenbosch, State University of St. Petersburg, Universidad de Las Palmas, e University of South Australia.  
Luísa Veloso. Luísa Veloso é socióloga. Professora Auxiliar no Iscte-Instituto Universitário de Lisboa. Investigadora no Cies-Instituto Universitário de Lisboa. Investigadora Associada do Instituto de Sociologia - Universidade do Porto. Professora do Departamento de Sociologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto entre 1991 e 2008. Coordenadora e membro de equipas de investigação de vários projetos nacionais e internacionais. Autora de várias publicações. Principais interesses de investigação: trabalho, inovação, ciência e tecnologia, economia e profissões.
Maria das Dores Guerreiro, Doutoramento em Sociologia. Professora Associada no Departamento de Sociologia do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL). Vice-Reitora para a Internacionalização. Coordenadora Institucional Erasmus. Membro da Comissão Científica do Departamento de Sociologia (2016-2019). Foi coordenadora do grupo de investigação Família, Gerações e Saúde, do CIES, até 2019, e Coordenadora internacional do Consórcio Erasmus Mundus MFAMILY, em parceria com as universidades de Gotheborg-Suecia, Stavanger-Noruega e Makerere-Uganda (2012-2019). Co-coordenadora do Observatório das Famílias e das Políticas de Família até 2017. Representante nacional da Rede Europeia Families and Work (1994-2000). Vice Diretora do Departamento de Sociologia (2010-2013). Diretora da Revista Sociologia, Problemas e Práticas (2001-2017). Áreas de investigação: Sociologia da Família; Estudos de Género; Gerações, Trajetórias Sociais e Percursos de Vida; Políticas Sociais e Políticas de Família; Relação Trabalho–Família; Empresas Familiares e Empreendedorismo.  
Professora auxiliar do Departamento de Sociologia, Escola de Sociologia e Políticas Públicas do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. Investigadora do CIES-ISCTE-IUL. Participou em projetos de investigação financiados pela Fundação Gulbenkian de Ciência (Centro de Estudos de Economia Agrária, 1983-86), Fundação Volkswagenwerk (Universität Hannover – CIES-ISCTE, 1986-89),  International Social Survey Programe -ISSP (ICS Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, 1999-2003), FCT (CIES-ISCTE, 1997-2000; 2002-2003). Autora/co-autora de publicações nas áreas de sociologia rural, cidadania e património. Principais interesses de investigação: teorias sociológicas, cidadania, movimentos sociais e esfera pública; culturas e valores; património  e gestão dos bens culturais.
I am Assistant Professor at the Department of Sociology at ISCTE-IUL and principal investigator at CIES-IUL. I am visiting scholar at the London School of Economics and Political Science (LSE) since 2014. I was Marie Curie Fellow at LSE in 2016-18 and Fulbright Scholar at Cornell University in 2015/16. In 2016, I was awarded the 'European Young Researcher Award' by Euroscience. I am currently the lead researcher for the international projects ‘MORE-PE: Mobilising Resources for Public Engagement’ (2016-2020), and OPEN 'Organisational Public Engagement with Science and Technology' (2019-2022), funded by the Foundation for Science and Technology (FCT). These studies are being implemented by teams in Portugal, Italy, Germany, the UK, the Netherlands, the USA, Turkey, Brazil, Japan, Taiwan and China (mainland).  I completed my PhD in Science and Technology Studies (STS) at University College London (UCL) in 2011, where I was also teaching assistant for courses in science communication and science policy. I was a trainer at Esconet (European Network for Science Communication), training scientists how to communicate with publics (2009-11). My research interests lie in science communication, public understanding of science, science policy and research methods for social sciences. Current research focusses on institutional communication of science with society.  
Paulo Pereira de Almeida é Professor na Escola de Sociologia e Políticas Públicas do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Departamento de Sociologia. É ainda Investigador no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES). As suas áreas de docência e de investigação incluem a Sociologia do Trabalho e das Organizações, as Políticas Públicas de Segurança e Combate à Criminalidade, as Relações Laborais e a Gestão de Recursos Humanos e Comportamento Organizacional. É ainda Coordenador da Pós-graduação em Sindicalismo e Relações Laborais. Foi colunista do jornal Diário de Notícias, Jornal de Notícias e escreve artigos de opinião para outros Jornais como o Expresso e o Público.
Pedro Vasconcelos completed his graduation in Sociology (Licentiate degree) in 1995 at the University Institute of Lisbon (ISCTE-IUL), his Research Master's Degree in Social Sciences in 2002 at the Institute of Social Sciences of the University of Lisbon (ICS-UL) and his Doctorate in Sociology at ISCTE-IUL in 2011 (all Pre-Bologna Process). He teaches at graduate and post-graduate levels since 1996 at ISCTE-IUL. He was a directing member of the Portuguese Association of Sociology between 2002 and 2006. He dedicates himself to sociological research since 1992, having participated in several research projects about issues such as local development, categorization processes, social representations and identities, family and social class, generations and values, family and youth, sexuality, public and private networks, kinship and social inequalities. Presently his main research interest are social inequality gender theory, gender relations and categorizations, masculinities and femininities, and transgender issues, and health systems.
Renato Miguel do Carmo é professor associado do departamento de sociologia do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa  e investigador no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL), Portugal. Atualmente é diretor do Observatório das Desigualdades e coordenador científico do COLABOR. Tópicos como as desigualdades socais e territoriais, o Estado social, as políticas públicas, as mobilidades espaciais, e o capital social têm sido os temas principais da sua investigação e dos projetos que coordenou e coordena. Recentemente publicou nas revistas: European Societies, Journal of Civil Society, Sociologia Ruralis, Time & Society, Sociological Research Online, Geoforum, Community Development, European Planning Studies, entre outras. Publicou 29 livros (19 como editor e 10 como autor e coautor), quatro dos quais publicados em editoras internacionais (Berghahn, Palgrave, Springer, Annablume). Preside ao grupo de trabalho sobre indicadores de desigualdades sociais do Conselho Superior de Estatística - Seção permanente de estatísticas sociais (INE). Desde a finalização do doutoramento recebeu vários prémios: prémios científicos ISCTE-IUL por artigos publicados em revistas internacionais com elevado impact factor em 2010, 2014, 2015, 2018; Prémio Bartolomeu Dias, para o melhor artigo publicado em revistas nacionais (no ano de 2008) na área dos estudos regionais (Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional, APDR); Prémio Especial Júri 2009, destinado a galardoar o melhor artigo da autoria de jovem investigador publicado na revista Análise Social em 2008, atribuído pelo artigo “Da Escala ao Território: para uma reflexão crítica do policentrismo”.  
Rita Espanha. Professora Auxiliar com Agregação do Iscte-Instituto Universitário de Lisboa. Diretora do Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação. Investigadora do CIES-Iscte, desenvolve atualmente pesquisas nas áreas da "Comunicação, Tecnologias de Informação e Saúde", "Literacia em Saúde", "Gerações e Tecnologia de Comunicação". Membro da Equipa de Missão para a área da Saúde do Iscte. Coordenadora ERASMUS do Departamento de Sociologia. É Associated Editor da revista Observatório (OBS*- http://obs.obercom.pt/index.php/obs), membro do Comité Científico das Edicciones-InCom-UAB e do Comité Editorial da Revista de Comunicación y Salud (www.revistadecomunicacionysalud.org ). É autora de vários livros e artigos nas áreas da Saúde e Comunicação, Comunicação em Rede e Jovens e Media em Portugal.
Socióloga, Diretora do Laboratório de Competências Transversais (LCT-Iscte); Professora Auxiliar do Iscte-Instituto Universitário de Lisboa | Escola de Sociologia e Políticas Públicas, Departamento de Sociologia; Investigadora e membro da Comissão Científica do CIES-IUL. É Vice-Presidente da Direção do SNESup, Sindicato Nacional do Ensino Superior. Ao longo da sua carreira de investigação participou em equipas de projetos e consultorias científicas, nacionais e internacionais, investidos em temáticas especificamente sociológicas, como é o caso das Classes sociais e desigualdades sociais; a caracterização das condições de vida e orientações valorativas dos Estudantes do ensino superior; a Mudança social e estilos de vida"; "Envelhecimento e bem-estar"; "o papel do Estado na promoção da equidade", entre outras. Presentemente, é representante do CIES-IUL ESS/European Social Survey; Coordena o projeto de Investigação “Territórios de Desigualdade e Bem estar Social” (CIES-ISCTE; FFMS); é membro da equipa de investigação do eurostudent. Publicou diversos artigos nacionais e internacionais, livros e capítulos de livro, bem como participou em multiplas conferências nacionais e internacionais. Tem contribuições na revista International Studies of Sociology in Education, European Journal of Social Work, Portuguese Journal of Social Science, Sociologia, Problemas e Práticas, Revista Sociologias; Sociologia On-Line, Análise Social, entre outras. 
Rui Pena Pires é professor no ISCTE-IUL, onde completou a licenciatura, mestrado e doutoramento em sociologia e onde é investigador no CIES-IUL. É coordenador científico do Observatório da Emigração desde 2009. Anteriormente, foi diretor do Departamento de Sociologia e Pró-Reitor do ISCTE-IUL. De 2007 a 2010 foi membro do Conselho de Administração da Agência dos Direitos Fundamentais (FRA) da União Europeia (UE). Os seus interesses de investigação incluem as teorias sociológicas, as migrações internacionais e a sociologia do desenvolvimento. É autor de várias publicações, entre as quais, o livro Migrações e Integração: Teoria e Aplicações à Sociedade Portuguesa (Celta 2003).
Teresa Seabra  (teresa.seabra@iscte-iul.pt) é licenciada em Pedagogia (1980) e em Sociologia (1989), mestre em Sociologia (1995) e doutorada em Sociologia (2008). Professora Associada do Departamento de Sociologia do ISCTE-IUL. Diretora do curso de Mestrado em Educação e Sociedade. Investigadora integrada do CIES-IUL, desde 1993. Principais domínios de investigação: desigualdades sociais na educação; descendentes de imigrantes na escola; educação familiar; o efeito-escola nos resultados escolares. Autora e co-autora de diversos artigos em revistas científicas, capítulos de livros e livros. De entre as publicações, destaca-se o livro  Adaptação e Adversidade: o desempenho escolar dos alunos de origem indiana e cabo-verdiana no ensino básico, publicado em 2010 pelo Instituo de Ciências Sociais (ICS-UL).  Membro do Conselho Consultivo do Jornal de Sociologia da Educação da Associação Portuguesa de Sociologia (APS).
Tiago Lapa exerce funções como professor auxiliar e investigador integrado no CIES-IUL, na área da comunicação, no Departamento de Sociologia da Escola de Sociologia e Políticas Públicas do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa. Coordena e/ou lecciona unidades curriculares de 1º, 2º e 3º ciclo nas áreas da sociologia da informação e das redes, comunicação e métodos de inquirição online. Tem cerca de 10 anos de experiência no ensino académico na área da sociologia e das ciências da comunicação, tendo leccionado unidades curriculares como Sociologia da Comunicação, Teorias da Comunicação e Competências Comunicacionais no ISCTE-IUL mas igualmente noutras instituições nacionais, como a ESECS do Instituto Politécnico de Leiria e a Universidade Europeia. É igualmente nesta área que tem efetuado orientações de mestrado e doutoramento, colaborado como revisor em publicações e participa em programas COST e Erasmus+ e em redes científicas de âmbito internacional como o World Internet Project e o European Media Coach Initiative, relacionados com os estudos da internet, a divisão digital e a literacia dos novos media. Também pertence ao conselho consultivo do Centro Internet Segura da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). O produto do seu trabalho científico tem sido publicado em formato de livros, capítulos e artigos em revistas indexadas de circulação internacional.  
Walter José dos Santos Rodrigues, nasceu na cidade do Lobito (Angola) em 1960 e vive em Lisboa desde 1976.  Estudou Sociologia no Iscte - Instituto Universitário de Lisboa, e aí exerce actividade profissional, desde 1987, como docente no Departamento de Sociologia, em cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento, e como investigador, primeiro no CIES - Centro de Investigação e Estudos de Sociologia, depois no CET - Centro de Estudos Territoriais e actualmente no DINAMIA'CET - Centro de Estudos sobre a mudança socioeconomica e o território. Em articulação com essas atividades exerceu, também, atividades de consultoria, ações de formação e prestação de serviços especializados à comunidade, para diversas entidades da administração central, autarquias e agências de desenvolvimento.  Em 1992 apresentou Provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica, correspondentes ao grau de Mestrado para efeitos da carreira docente universitária de então, tendo sido aprovado com Muito Bom por unanimidade.  Em 1993 iniciou um projecto de investigação que conduziria à apresentação e defesa de Provas de Doutoramento em Fevereiro de 2009, também no Iscte, tendo obtido o grau de Doutor em Sociologia com a classificação Aprovado com Distinção e Louvor.  Entre outras publicações, é co-autor do livro Lisboa: a metrópole e o rio (1997) e co-organizador do livro Inovação e Globalização: estratégias para o desenvolvimento económico e territorial (2007). Publicou em 2010, a partir da sua tese de doutoramento, o livro Cidade em Transição: Nobilitação urbana, estilos de vida e reurbanização em Lisboa. Integrou a organização e a comissão científica de diversos eventos de difusão e debate científico, bem como o corpo editorial de várias revistas científicas. Foi membro da Comissão Pedagógica da Escola de Sociologia e Políticas Públicas do iscte e membro da Comissão Científica do Departamento de Sociologia daquele instituto universitário. Foi Director do Centro de Estudos Territorias. Foi também director do curso de Licenciatura em Sociologia do iscte e director pelo iscte do curso de Doutoramento em Estudos Urbanos, curso em parceria iscte - Instituto Universitário de Lisboa e FCSH- Universidade Nova de Lisboa. Foi, ainda, director da revista CIDADES, comunidades e territórios.
Docentes convidados(as)/visitantes
Pedro Abrantes é professor auxiliar do Departamento de Ciências Sociais e Gestão da Universidade Aberta e professor convidado do Mestrado em Educação e Sociedade, do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), instituição onde se licenciou e doutorou em Sociologia. Especializou-se nas áreas da educação, desigualdades sociais e percursos de vida. Durante os últimos quinze anos, tem participado em diversos projetos e atividades do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL), tendo sido vogal da direção entre 2006 e 2012. Leccionoutambém nos Institutos Politécnicos de Santarém e Leiria, na Universidade de Lisboa e na Universidad Iberoamericana (México). Foi consultor em programas do Ministério da Educação e da Fundação Aga Khan, assim como investigador visitante da Universidad Complutense de Madrid (Espanha) e do Centro de Investigación en Estudios Superiores en Antropología Social (México).É membro da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação e da Associação Portuguesa de Sociologia, tendo nesta última coordenado a secção de Sociologia da Educação e sido membro da direção. Foi presidente de uma ONG e representante português numa rede europeia de organizações de comércio justo. É autor de 12 livros, 32 capítulos e 45 artigos científicos (20 em revistas internacionais). Foi, entre 2016 e 2020, Técnico Especialista do Gabinete do Ministro da Educação. Desde 2020, é Subdiretor-Geral da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência.
Doutoramento em Ciências Sociais (Sociologia Política) em 2012 pelo Instituto de Ciências Sociais (Universidade de Lisboa). Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação em 2007 pelo ISCTE-IUL. Licenciatura em Sociologia em 2002 pelo ISCTE-IUL. Professor Adjunto Convidado na Escola Superior de Comunicação Social (Instituto Politécnico de Lisboa). Professor Auxiliar Convidado no ISCTE-IUL (Departamento de Sociologia). Publicou 6 artigos em revistas especializadas. Possui 14 capítulo(s) de livros e 2 livro(s). Orientou 2 tese(s) de doutoramento e coorientou 1. Orientou 28 dissertação(ões) de mestrado. Atua na(s) área(s) de Ciências Sociais com ênfase em Sociologia, Ciências Sociais com ênfase em Ciências da Comunicação, Humanidades com ênfase em Filosofia, Ética e Religião com ênfase em História e Filosofia da Ciência e Tecnologia e Humanidades com ênfase em Artes com ênfase em Estudos de Cinema, Rádio e Televisão. Nas suas atividades profissionais interagiu com 17 colaborador(es) em coautorias de trabalhos científicos.
Voltar ao topo