Docentes

Professora Auxiliar no Departamento de Economia Política da Escola de Ciências Sociais e Humanas do ISCTE - IUL e Investigadora do Centro de Estudos sobre a Mudança Socioeconómica e o Território (DINÂMIA'CET). Doutorada em Economia pelo ISCTE e mestre em Desenvolvimento e Cooperação Internacional pelo ISEG-UTL. A sua tese de doutoramento intitula-se A Dificuldade da Escolha. Acção e Mudança Institucional.É subdirectora do DINÂMIA'CET. É também membro do Observatório sobre as Crises e as Alternativas do Centro de Estudos Sociais (CES - Universidade de Coimbra) em colaboração com o Instituto para os Estudos Laborais da Organização Internacional do Trabalho (INST/OIT). Os seus atuais interesses de investigação incluem a economia política da austeridade com destaque para os fundamentos teóricos e epistemológicos da crise económica de 2007-2008 e das respostas à crise e os valores, a incomensurabilidade de valor e a valoração na tomada de decisão pública.
É Professor Auxiliar - ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa. Publicou 5 artigos em revistas especializadas e 2 trabalhos em actas de eventos, possui 1 livro publicado. Possui 12 itens de produção técnica. Recebeu 1 prémio e/ou homenagem. Actua na área de Direito.
Cristina Sousa is Assistant Professor at ISCTE/IUL. She has a Master's degree in Economics and Management of Science and Technology and a PhD in Economics, both from ISEG/UTL. Her research interests include innovation, creation and circulation of knowledge and entrepreneurship. Currently, her research is focused on networks, on entrepreneurship in knowledge-intensive sectors and on the transition to a sustainable energy system. The results of her research were object of publication in academic journal and books and were presented in several national and international conferences and workshops.
Doutorada em Economia pelo ISCTE-IUL e pela Universidade de Bourgogne (França), Mestre em Economia e Gestão de Recursos Humanos e Licenciada em Sociologia (ISCTE-IUL). É professora associada com agregação do Departamento de Economia Política do ISCTE-IUL, e investigadora do Centro de Estudos sobre a Mudança Socioeconómica e o Território (DINÂMIA-CET). Leciona desde 1996, nas áreas da Economia do Trabalho, Regulação do Mercado de Trabalho, Economia da Educação e das Competências e certas unidades curriculares de natureza metodológica. Foi diretora do Mestrado em Políticas de Desenvolvimento dos Recursos Humanos (2004-2015) e é atualmente diretora do Departamento de Economia Política. Foi coordenadora dos Estudos setoriais e identificação de necessidades de formação, no INOFOR, Ministério para a Qualificação e Emprego em 1995-1997 e do projeto FCT, 'Remunerações flexíveis para contratos flexíveis? A dinâmica da relação entre a política salarial e os contratos de emprego ao nível da empresa' em 2009-2013 (PTDC/EGE-ECO/108547/2008). Coordena atualmente o projeto FCT "Aproximar o Ensino Superior, a Formação e a Qualidade do Emprego" (PTDC/SOC-SOC/30016/2017). É coordenadora do Observatório do Emprego Jovem (DINAMIA-ISCTE-IUL). Entre os seus principais interesses de estudo e investigação destacam-se a procura de competências, políticas salariais das empresas e segmentação do mercado de trabalho.
ISABEL SALAVISA é Professora Catedrática de Economia no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), em Lisboa. É doutorada em Economia. Atualmente é Vice-Reitora para a Investigação do ISCTE-IUL. A sua investigação é desenvolvida no DINÂMIA’CET-IUL - Centro de Estudos sobre a Mudança Socioeconómica e o Território, de que foi diretora (2004-2013) e onde co-coordena o Grupo de Investigação ‘Inovação e Trabalho’. Atualmente é investigadora no projeto de investigação SPLACH - Spatial Planning for Change (2017-2021), financiado pelo Compete 2020, com coordenação geral do CITTA (Univ. Porto), e com participação do DINÂMIA-CET-IUL e do GOVCOPP (Univ. Aveiro). É membro do International Advisory Board do Jean Monnet Centre of Excellence on "Labour, Welfare and Social Wrights in Europe" (LAWESRE), coordenado pela Roma Tre University (2018-2021). Os seus temas de investigação compreendem a economia da inovação, área em que se doutorou; transições para a sustentabilidade ambiental; e políticas sociais e Welfare State na Europa.   Coordenou e participou num grande número de projetos de investigação. Tem publicado livros e artigos em revistas internacionais e participado num grande número de conferências, sobretudo internacionais. Tem supervisionado dissertações e teses de doutoramento e ensina em domínios como a economia da inovação, a economia e políticas da UE, e as políticas de sustentabilidade.  É membro de associações e redes e ‘referee’ de várias revistas internacionais. Lisboa, março de 2021 Livro recente: Matos, S., Vairinhos, V., Salavisa, I., Edvinsson, L. and Massaro, M. (eds.) (2020), Knowledge, People, and Digital Transformation: Approaches for a Sustainable Future, Cham, Switzerland, Springer Nature.  Associações e Redes: EAEPE - European Association for Evolutionary Political Economy; STRN – Sustainability Transitions Research Network; APEP - Associação Portuguesa de Economia Política. 
Doutoramento em Direito das Empresas, na especialidade de Direito Comercial, no ISCTE-IUL, em 29 de junho de 2015. Mestrado em Ciências jurídicas, pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em 19 de maio de 1998. Mestrado em ciências jurídico-políticas, pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa - Lisboa, em 2 de julho de 1993. Licenciatura em Direito, por esta última Faculdade, em 26 de julho de 1988.
Professor de Economia Política e Estudos de Desenvolvimento do Departamento de Economia Política, Escola de Cièncias Sociais e Humanas, Iscte. Investigador Integrado do Centro de Estudos Internacionais (CEI), Iscte. Director do Mestrado em Estudos de Desenvolvimento, Iscte. Membro da European Society for the History of Economic Thought, World Economics Association e Associação Portuguesa de Economia Política. Licenciatura em Economia pelo ISEG-Universidade de Lisboa (1993), Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional pelo ISEG-Universidade de Lisboa (1996), Doutoramento em Economia pelo Iscte-Instituto Universitário de Lisboa (2009). Ampla experiência de ensino (licenciaturas, mestrados, doutoramentos) e funções de gestão académica, no Iscte e noutras instituições de ensino superior em Portugal, Moçambique e Angola: - ISEG-Universidade de Lisboa, Universidade Atlântica, Instituto Politécnico de Coimbra (Portugal) - Instituto de Ciências de Saúde e Universidade Eduardo Mondlane (Maputo, Moçambique), - Universidade Católica de Angola (Luanda). Entre 1999 e 2013, exercício de funções de auditoria e consultadoria científica no Gabinete de Avaliação Educacional/ Instituto de Avaliação Educacional, Ministério da Educação de Portugal. Áreas de interesse (ensino e investigação): - História das Ideias Económicas e Políticas - Estudos de Desenvolvimento - Estudos Africanos - Economia Política Internacional
Professora Associada com Agregação do Departamento de Economia Política do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. Agregação (2020) e Doutoramento (2005) em Economia (ISCTE), Mestrado em Economia e Política Social (ISEG, 1997), Licenciatura em Sociologia (ISCTE, 1991). Diretora da Escola de Ciências Sociais e Humanas desde 2019 (-2022). Lecciona (licenciatura, mestrado e doutoramento) desde 1991 nas áreas da história das ideias económicas, da economia social e solidária e da economia do território e do ambiente. Investigação atual desenvolvida no âmbito de projetos internacionais e nacionais, com financiamento europeu (RurAction, Horizon 2020, Marie-Curie) e nacional (Splash, Portugal 2020, Compete). Publicações, nacionais e internacionais na área de economia política, incluindo as temáticas do território, da  inovação e da sustentabilidade. Foi Diretora do Departamento de Economia Política (2016-2019), Sub-Diretora da Escola de Ciências Sociais e Humanas (2016-2019) e Vice-Presidente do Conselho Pedagógico do ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa (2014-2017).
Paulo Marques é Professor Auxiliar no Departamento de Economia Política do ISCTE-IUL. Desenvolve a sua atividade de investigação no DINÂMIA'CET-IUL. A sua tese de doutoramento foi desenvolvida na área da Economia Política e foi intitulada 'Young People and Labour Market Segmentation in Europe: An Institutionalist Perspective'. Desenvolve investigação na área da Economia Política Comparada, mais especificamente sobre a segmentação do mercado de trabalho e as políticas públicas de emprego. A sua tese de doutoramento venceu dois prémios científicos: o Prémio António Simões Lopes, atribuído pela Ordem dos Economistas (Melhor tese de doutoramento em 2016), e o Prémio Manuel Lopes, atribuído pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional.  A sua dissertação de mestrado venceu dois prémios: Prémio Jacques Delors, atribuído pelo Centro de Informação Europeia Jacques Delors; e o Prémio Silva Leal (menção honrosa), atribuído pela Secretaria de Estado da Segurança Social e ISCTE. Um artigo que escreveu em conjunto com Isabel Salavisa e que foi publicado na Socio-Economic Review recebeu o Prémio António Dornelas, atribuído pelo Ministério do Trabalho. Paulo Marques tem publicado artigos científicos em revistas científicas prestigiadas, como a Socio-Economic Review e a Comparative European Politics.
Licenciado em Direito (Ciências jurídico - políticas) pela Universidade de Lisboa. Mestre em Sociedades e Políticas Europeias pelo ISCTE - IUL. Suficiência Investigadora (DEA) em Direito Público pela Faculdade de Direito da Universidade da Extremadura (Espanha). Doutorado em Políticas Públicas no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa onde é Professor Auxiliar e investigador integrado no DINÂMIA'CET Centro de Estudos sobre a Mudança Socioeconómica e o Território. É, igualmente, investigador no Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto. Anteriormente desempenhou funções como Presidente da 1ª Secção do Júri de Ética da Autoregulação Publicitária (ex-ICAP) e como secretário - geral e director executivo de diversas associações profissionais. De 2005 a 2009 foi Deputado à Assembleia da República (10ª legislatura) e membro da Delegação Nacional Portuguesa na 97ª Sessão da Conferência Internacional do Trabalho - Organização Internacional do Trabalho, Genebra, Suíça. Possui vasta experiência internacional tendo leccionado, nomeadamente, na Chinese Academy of Governance (antiga National School of Administration - CNSA), China - Europe Public Administration Project, República Popular da China, no Global Distance Learning Network of World Bank for East Timor, Timor - Leste e no ProPALOP-TL ISC PNUD em Angola. Possui um grande número de livros e publicações académicas em português, alemão e chinês sobre direito da publicidade, direito do mar, direito europeu e direito do consumidor. Membro da Comissão Técnica e Científica com o objetivo de acompanhar a candidatura das Ilhas Selvagens a Património Mundial da UNESCO, desde setembro de 2016. Editor - Chefe da REM - Revista de Estudos do Mar. Perito externo responsável pelos processos de verificação EQAVET, da Associação Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional. I.P., Ministério da Educação e Ciência
Doutorado em Economia pela Universidade Bocconi (Itália), Mestre em Economia e Gestão de Ciência e Tecnologia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa (ISEG/UTL), e Licenciado em Economia pela mesma instituição. Professor Associado do Departamento de Economia Política do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, onde lecciona desde 1999 nas áreas da Economia e Integração Europeia, da Economia Sectorial e da Inovação, e das Políticas Económicas. Entre 2008 e o início de 2014 foi Coordenador do Núcleo de Estudos e Avaliação do Observatório do QREN. Foi Director de Serviços de Análise Económica e Previsão do Gabinete de Estratégia e Estudos do Ministério da Economia e da Inovação em 2007 e 2008. Membro do Dinâmia'CET (Centro de Estudos sobre a Mudança Socioeconómica e o Território). Interesses de investigação: mudança estrutural e desenvolvimento económico, dinâmicas sectoriais e inovação, e políticas públicas. Nascido em Coimbra em 1974.
Docentes convidados(as)/visitantes
Doutor em Direito Público pela Universidade da Extremadura, com registo junto da Universidade de Lisboa. Doutor Europeu.  Autor de livros, capítulos de  de livros e artigos científicos de Direito Tributário e Métodos Alternativos de Resolução de Conflitos Tributários. Árbitro em matéria tributária junto do Centro de Arbitragem Administrativa (CAAD). Investigador integrado no Instituto Jurídico Portucalense (IJP). Prémio Científico do IPL-CGD (Diploma de Mérito - Ciências Sociais) - 2019, 2020 e 2021.
Mário Silveiro de Barros concluiu o Doutoramento em Direito, com uma tese em Direito processual da Segurança Social (com menção comparativa) na Faculdade de Direito de A Coruña, em Espanha. Desenvolve os seus trabalhos académicos e de investigação na área do Direito da Segurança Social. Para além de 1 livro publicado, publicou 8 artigos em revistas científicas e 5 capítulos de livros em obras coletivas. Apresentou várias comunicações em congressos e seminários científicos. Tem ainda atividade profissional como Advogado na área do direito do trabalho e da segurança social e direito comercial. No ISCTE é Professor Auxiliar Convidado, docente nas unidades curriculares de Direito da Segurança Social e Direito Processual Laboral.
Voltar ao topo