Licenciatura

Acreditações

Logótipo da A3ES

Acreditado
6 Anos
17 jan 2020
Registo DGES
Registo inicial R/A-Ef 3373/2011 de 18-03-2011
Registo de alteração R/A-Ef 3373/2011/AL01 de 15-10-2015 | R/A-Ef 3373/2011/AL02 de 27-06-2016 | R/A-Ef 3373/2011/AL03 de 19-04-2017
Contactos
Candidatar
Leccionado em Português

Corpo Docente para (2020/2021)

Estágio em Ciência Política | Partidos Políticos e Grupos de Pressão | Laboratório de Elaboração de Projectos em Ciência Política
Doutorada em Ciências Políticas e Sociais pelo Instituto Universitário Europeu (EUI), em Florença (2011), Ana Espírito-Santo é, desde 2011, Professora Auxiliar no ISCTE-IUL e investigadora do CIES-IUL. Antes de começar o doutoramento trabalhou como Assistente de Investigação no Instituto de Ciências Sociais, ICS (2002-2005), como Investigadora Júnior convidada no Social Science Research Center (WZB), em Berlim (2005-2006) e como Investigadora Júnior na Universidade Complutense de Madrid (2007). Entre Janeiro e Março de 2011 foi Professora Assistente na University of London, Birkbeck College, em Londres. É licenciada em Sociologia (2001) e mestre em Ciência Política (2006), ambos os graus obtidos no ISCTE. As suas principais áreas de investigação são: género e política, política comparada, representação política, sistemas eleitorais, metodologia e análise de dados. Tem participado como investigadora em projectos de investigação (de âmbito nacional e internacional) sobre estes e outros temas, no ICS, no CIES-IUL, no EUI e na University of California, em San Diego (EUA). É autora e co-autora de vários capítulos de livros e de artigos em revistas prestigiadas, incluindo a West European Politics, Electoral Studies e a Party Politics. Tem apresentado o seu trabalho em várias conferências nacionais e internacionais, entre as quais APSA, MPSA e ECPR. 
História Política Contemporânea de Portugal
Ana Mónica Fonseca é investigadora integrada no Centro de Estudos de Internacionais do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa (CEI-IUL), onde é igualmente Professora Auxiliar Convidada no Departamento de História. Entre 2006 e 2015 foi investigadora convidada no Instituto Português de Relações Internacionais da Universidade Nova de Lisboa (IPRI-NOVA). Concluiu o seu doutoramento em História Moderna e Contemporânea em 2011 no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) com uma tese intitulada «É Preciso Regar os Cravos!» A Social-Democracia Alemã e a transição portuguesa para a Democracia (1974-1976), que recebeu a Menção Honrosa do Prémio Vitor de Sá de História Contemporânea 2012 e também a Menção Honrosa do Prémio Fundação Mário Soares-EDP 2012. A sua tese de Mestrado em História das Relações Internacionais (ISCTE-IUL), que recebeu o Prémio Fundação Mário Soares em 2006, foi publicada em 2007: A Força das Armas: O apoio da República Federal da Alemanha ao Estado Novo (1958-1968) [Lisboa: MNE-ID, 2007]. As suas áreas de investigação incidem sobre as transições para a democracia na Europa do Sul, as relações luso-alemãs durante a Guerra Fria e a social-democracia europeia e a promoção da democracia. Tem publicado regularmente em revistas nacionais e internacionais (Journal of European Integration History, Portuguese Journal of Social Sciences, Ler História, Relações Internacionais), e participado em diversas obras colectivas.
Introdução à Ciência Política
Introdução ao Excel
Escrita de Textos Técnicos e Científicos
Introdução à Economia
Professora Auxiliar no Departamento de Economia Política da Escola de Ciências Sociais e Humanas do ISCTE - IUL e Investigadora do Centro de Estudos sobre a Mudança Socioeconómica e o Território (DINÂMIA'CET). Doutorada em Economia pelo ISCTE e mestre em Desenvolvimento e Cooperação Internacional pelo ISEG-UTL. A sua tese de doutoramento intitula-se A Dificuldade da Escolha. Acção e Mudança Institucional.É subdirectora do DINÂMIA'CET. É também membro do Observatório sobre as Crises e as Alternativas do Centro de Estudos Sociais (CES - Universidade de Coimbra) em colaboração com o Instituto para os Estudos Laborais da Organização Internacional do Trabalho (INST/OIT). Os seus atuais interesses de investigação incluem a economia política da austeridade com destaque para os fundamentos teóricos e epistemológicos da crise económica de 2007-2008 e das respostas à crise e os valores, a incomensurabilidade de valor e a valoração na tomada de decisão pública.
Análise de Dados em Ciências Sociais - Descritiva
História Política Contemporânea
Pesquisa Bibliográfica e Análise da Informação
Ana Rita Coelho é investigadora no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES, ISCTE-IUL). Terminou o doutoramento em sociologia no ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa em 2019, com a tese "Seniores 2.0: inclusão digital na sociedade em rede". Em 2008 concluiu a sua dissertação de mestrado sobre públicos de museus de ciência. Entre 2004 e 2014 participou num conjunto vasto de pesquisas como assistente de investigação do CIES-IUL. As suas principais áreas de investigação são sociologia da ciência e da tecnologia, modos de vida e políticas públicas e literacia e educação.
Laboratório de Política Comparada | Sistemas e Comportamentos Eleitorais
André Freire é Professor Catedrático em Ciência Política, e tem sido Diretor do Doutoramento em Ciência Política, 2015-presente data, e foi como Diretor da Licenciatura em Ciência Política, 2009-2015, ISCTE-IUL (Instituto Universitário de Lisboa). É ainda Investigador Sénior do CIES-IUL (Centro de Investigação e Estudos em Sociologia do ISCTE-IUL). Freire ensina e pesquisa no ISCTE-IUL desde 1996. Tem ainda lecionado e/ou apresentado conferências como convidado em várias outras universidades portuguesas e estrangeiras.   Freire tem dirigido vários projetos de pesquisa sobre ideologia (esquerda-direita, etc.), ao nível de elites e massas, comportamento eleitoral e atitudes políticas, sobre instituições e reformas políticas, e ainda sobre representação política. Sobre estes assuntos tem publicado abundantemente, nacional e internacional, em livros e revistas académicas. Mais especificamente, até meados de 2020, tem vários estudos publicados (nacional e internacionalmente), em revistas académicas (mais de 100), livros (37) e capítulos de livros, sobre as atitudes e comportamentos dos eleitores e dos eleitos, as instituições políticas e a representação política.    Freire foi pioneiro na criação dos estudos eleitorais (Estudo Eleitoral Nacional Português, com base em inquéritos de opinião pós-eleitorais), em Portugal, em 2002 e 2005 (ver:https://www.ics.ulisboa.pt/livros/eleicoes-legislativas-de-2002 & https://www.ics.ulisboa.pt/livros/portugal-votos & https://rowman.com/isbn/9780739115633/portugal-at-the-polls-in-2002). Desde 2007, tem dirigido vários projetos de pesquisa sobre representação política, ou seja, comparando as opiniões, os valores, as atitudes e os comportamentos de eleitores e eleitos (especialmente deputados, mas também candidatos ao Parlamento não eleitos), desde 2007 até à presente data (ver:http://er.cies.iscte-iul.pt/). Em termos de redes de pesquisa internacionais, tem participado em várias, nomeadamente no Comparative Study of Electoral Systems, European Value Study, European Election Study, True European Voter, European Candidate Study, PARTIREP – Party Representation, PARENEL – Parliamentary Representation at the National and European Levels, Comparative Candidate Study.  Freire é membro do Steering Committee do Comparative Candidate Study, estando presentemente no seu terceiro mandato. Ver http://www.comparativecandidates.org/ Foi colunista regular do jornal Público desde Março de 2006 até Janeiro de 2016, e é atualmente colunista do Jornal de Letras desde Maio de 2017, além de várias outras colaborações ocasionais na imprensa, rádio e TV, e tem sido ainda perito e consultor convidado de várias instituições nacionais (FCT, A3ES, DGAI-MAI, AR, etc.) e internacionais (COST, Comissão Europeia, Conselho da Europa – Programa Co-Acte, etc.) para os assuntos ligados ao ensino superior e à investigação em Ciências Políticas.   E-mail: andre.freire@iscte-iul.pt Orcid author:  https://orcid.org/0000-0001-5307-6832 Scopus author: Author ID: 8634830500 Google scholar: https://scholar.google.pt/citations?user=RNJvJdIAAAAJ&hl=pt-PT Wikipédia: https://en.wikipedia.org/wiki/Andr%C3%A9_Freire   Ligações úteis: https://www.researchgate.net/profile/Andre_Freire5 https://iscte-iul.academia.edu/Freire/CurriculumVitae https://orcid.org/0000-0001-5307-6832 https://scholar.google.pt/citations?user=RNJvJdIAAAAJ&hl=pt-PT http://er.cies.iscte-iul.pt/ http://www.comparativecandidates.org/ http://avacavoadora.pt/ https://visao.sapo.pt/jornaldeletras/   Post scriptum sobre questões de direitos autorais: O texto desta página web com o meu CV está disponível para modificação e reutilização nos termos da The Creative Commons Attribution-Share alike 3.0 Unreported License and the GNU Free Documentation License (sem versão, sem seções invariantes, textos de capa frontal ou textos de capa traseira)
Métodos e Técnicas de Investigação: Extensivos
Ciência da Administração
David Ferraz é doutorado em Políticas Públicas pelo ISCTE-IUL (2018), mestre em Administração e Políticas Públicas (ISCTE-IUL - 2008) e licenciado em Gestão e Administração Pública (ISCSP-UTL - 2004). É diplomado pelo Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública (CEAGP - 2006), especialização em Desenvolvimento Organizacional, Liderança e Gestão de Pessoas e pelo Curso de Formação em Gestão Pública (FORGEP - 2012) do INA. Entre 1999 e 2004 desempenhou funções em várias empresas do setor privado. Desempenhou funções na Unidade de Investigação e Consultoria do Instituto Nacional de Administração, I.P. (2006-2010) e foi dirigente da Unidade de Formação em Gestão e Administração Pública (2010-2012), foi dirigente da Divisão de Recrutamento e Seleção do INA, prestando esta U.O. apoio à CRESAP (2012-2017) e é atualmente dirigente do Departamento de Recursos Humanos do IHRU, I.P. (desde Setembro de 2017). É investigador convidado do Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP) do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP-UTL), integrando o Grupo de Investigação em Ciência da Administração. Desenvolveu, desde 2004, funções de docência em diversos cursos do INA e ISCTE-IUL (CAGEP; FORGEP; CADAP; Desenho, Implementação e Avaliação de Políticas Públicas; Diploma de Especialização em Gestão Pública; Diploma de Especialização em Políticas Públicas; Reforma e Modernização Administrativa - 6 ECTS). Foi convidado a proferir lectures na HSE - Moscow (High School of Economics, School of Public Administration) nas áreas da Gestão e Administração Pública. Tem participado em grupos de trabalho e apresentado comunicações científicas em congressos de organizações internacionais como: a American Society for Public Administration, o Centro Latino Americano para el Desarollo, a International Association of Schools and Institutes of Administration, a Public Administration Theory Network. É autor e co-autor de várias publicações, nacionais e internacionais, nas áreas da Gestão, Administração, Políticas Públicas ou Gestão de recursos humanos.
Métodos e Técnicas de Investigação: Extensivos
Elsa Pegado é doutorada em Sociologia pelo ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa e mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação pela mesma instituição. Investigadora do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do ISCTE-IUL (CIES-IUL). Profesora Auxiliar no ISCTE-IUL. Tem desenvolvido investigação na área da sociologia da saúde, mais especificamente sobre as Medicinas Complementares e Alternativas e sobre os medicamentos; na área das desigualdades sociais e pobreza e exclusão social; e no domínio das metodologias de avaliação, avaliação de políticas públicas, programas e projetos. É autora e coautora de diversas publicações e comunicações sobre estas temáticas.
Instituições e Políticas Europeias | Instituições Políticas | Laboratório de Relatório de Projecto em Ciência Política
Introdução à Economia
Florinda Matos is PhD in Social Sciences, Organizational Behavior Studies by University of Lisbon. She has a master's degree in business sciences by Iscte - Instituto Universitário de Lisboa and a Licentiate degree in Management of Agricultural Business and a Licentiate degree in Agronomic Engineering, both by Polytechnic Institute of Santarém. She teaches several disciplines in graduate and post-graduate courses (management, intellectual capital management, knowledge management, innovation, entrepreneurship, human capital management) and she is a business consultant. Her main research interests are: Management, Sustainability, Knowledge Management, Intellectual Capital, Measuring of Intangibles, Innovation, Additive Manufacturing and Digital Transformation. She was a founding member of ICAA - Intellectual Capital Association and, currently, she its president. She is a member of the New Club of Paris, an international organisation whose main objective is to create awareness about Knowledge Economy. Likewise, she is a member of the Observatory on Knowledge Management and Innovation in Public Administration, from IPEA - Institute for Applied Economic Research of Brazilian Government. In addition, she is an associate researcher of DINÂMIA'CET - IUL - Centre for Socioeconomic and Territorial Studies. She was also a Post-Doc researcher in the area of the Social Impacts of Additive Manufacturing in NOVA.id.FCT and, presently, she is leading the project "KM3D - Knowledge Management in Additive Manufacturing: Designing New Business Models" in a national consortium, funded by FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Moreover, she is a member of the scientific committee of several international conferences, where she has participated as organizer, speaker, mini-track chair and reviewer. She has more than 30 published academic articles and scientific papers, book chapters and books related to management, sustainability, knowledge management, intellectual capital management, digital transformation and innovation. She is an active participant in the press, where she has published more than 200 articles of opinion on issues of economic and social actuality.  
Cidadania e Cultura Política | Movimentos Sociais e Acção Colectiva
Sou Professora Auxiliar em Ciência Política no ISCTE-IUL e investigadora integrada no CIES-IUL. É coordenadora do projeto 'HOPES: HOusing PErspectives and Struggles. Futures of housing movements, policies and dynamics in Lisbon and beyond (2018-2021, FCT, PTDC/GES-URB/28826/2017) e co-chair da Research Network Movimentos Sociais do Council of European Studies. A sua área de investigação são os movimentos sociais, com especial interesse para os processos de radicalização política, o papel do protesto na mudança política, o ativismo digital, a gentrificação e os movimentos pelo direito à habitação. Tem vários artigos publicados nas revistas Mobilization, Social Movement Studies, Journal of Contemporary Religion, West European Politics, Estudos Ibero-Americanos, Democratization, Cultures & Conflicts, Análise Social, Storia e Problemi Contemporanei, Historein. É autora  da monografia The Revolution before the Revolution (2016, Berghahn) e co-organizadora do livro Social Movements Studies in Europe: The State of the Art (2017, Berghahn). Tenho lecionado cursos na área dos movimentos sociais, democracia, cidadania, cultura política e era digital. Os meus principais interesses de investigação e ensino são sobretudo: os processos de mobilização social e política, os efeitos do activismo e do protesto (quer na sociedade e na política, quer nas biografias dos activistas), a radicalização e violência política, a ordem pública, os movimentos urbanos de direito à cidade e à habitação e as dinâmicas de gentrificação e mudança urbana. 
Estado e Políticas Públicas
Helge Jörgens é Professor Auxiliar no Departamento de Ciência Política e Políticas Públicas do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa e Investigador Integrado no CIES-IUL - Centro de Investigação e Estudos de Sociologia. Licenciou-se em Ciência Política na Freie Universität Berlin, Alemanha, em 1994. Concluiu o doutoramento em Ciência Política também na Freie Universität Berlim em 2010. Entre 2010 e 2016 foi Professor Associado no Departamento de Ciência Política e Ciências Sociais da Freie Universität Berlin e Director Gerente do Centro de Investigação de Política do Ambiente (FFU). As áreas de interesse incluem as política do ambiente, da energia e do clima, o papel e a influência de burocracias internacionais, e a difusão e transferência de políticas públicas.
Análise de Dados em Ciências Sociais - Descritiva | Análise de Dados em Ciências Sociais: Inferencial
Professora Auxiliar no ISCTE-IUL e CIES. Concluiu o Mestrado e o Doutoramento na área da Demografia pela FCSH da Universidade Nova de Lisboa. Autora de 20 artigos científicos e 10 capítulos de livro na área da demografia, em particular sobre:  fecundidade, contracepção, mortalidade, migrações e projecções demográficas.
Direito Constitucional e Administrativo
Licenciado em Direito e pós-graduado em Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito de Lisboa. Doutorado em Políticas Públicas pelo ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa.  Exerce funções docentes desde 1977, primeiro na Faculdade de Direito de Lisboa e, a partir de 1995, no ISCTE - IUL, onde leciona Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Económico, Direito da Educação, Ciências da Administração e Gestão Pública em diversas licenciaturas e mestrados. É Diretor do Mestrado em Administração Pública e dos Cursos de Formação em Alta Direcção na Administração Pública (CADAP, FORGEP e CAGEP), bem como coordenador científico do Curso de Pós-Graduação em Finanças Públicas para auditores do Tribunal de Contas de Angola e quadros superiores dos Ministérios das Finanças dos PALOP e Timor-Leste (UE/PNUD). É ainda Subdiretor do Departamento de Ciência Política e Políticas Públicas e membro da Direção do Instituto de Políticas Públicas e Sociais (IPPS-IUL). Foi eleito em 2019 para o Conselho de Gestão da Associação Internacional de Escolas e Institutos de Administração (AIEIA). Desde 1982 colabora com o Instituto Nacional de Administração (INA) na formação de dirigentes e quadros superiores da Administração Pública, tendo sido responsável pela conceção e leccionamento de múltiplos cursos nas áreas da ciência política, administração pública, direito administrativo, feitura das leis e comunicação jurídica.  A partir de 1994 desenvolve atividades de consultoria ligadas à reforma do Estado e da Administração Pública, em particular  no âmbito de projectos da União Europeia, nomeadamente nos PALOP, no Brasil e em países da Europa de Leste e da antiga União Soviética, bem como na China, onde entre 2003 e 2007 coordenou pela parte europeia o mestrado em Administração Pública da Escola Nacional de Administração Pública (CNSA).  A partir de 1983 e até 1987 foi, sucessivamente, consultor do Gabinete do Ministro da Justiça, do Gabinete de Apoio Técnico Legislativo do Ministério da Justiça e do Centro de Estudos Técnicos e Apoio Legislativo da Presidência do Conselho de Ministros. De 1987 a 1992, exerceu funções dirigentes na Comissão de Coordenação da Região de Lisboa e Vale do Tejo e, entre 1992 e 2004, no Centro de Estudos para o Desenvolvimento Regional e Local.  Apresenta com regularidade comunicações em seminários e conferências nas suas áreas de especialidade e é organizador e autor ou co-autor de diversos livros e outras publicações.
Esfera Política e Opinião Pública | Teoria Política: Clássicos e Modernos
José Santana Pereira (Nisa, 1982) é doutorado em Ciências Políticas e Sociais pelo Instituto Universitário Europeu em Florença (IUE, 2012). A sua investigação tem vindo a centrar-se no campo dos efeitos dos meios de comunicação social na opinião pública e, mais recentemente, no estudo dos sistemas de media nacionais em perspectiva comparada. O comportamento eleitoral e as atitudes políticas (nomeadamente as atitudes em relação à Europa) também fazem parte dos seus interesses de investigação. Nestes domínios, publicou vários artigos e capítulos de livros em língua portuguesa, inglesa e francesa, em revistas como Electoral Studies, South European Society and Politics, Pole Sud, Portuguese Journal of Social Sciences, Relações Internacionais, ou em livros publicados por editoras como a Oxford University Press ou a Routledge. Em Janeiro de 2016 publicou, pela FFMS, o ensaio Política e Entretenimento. Após a licenciatura em Psicologia Social (ISCTE, 2004) e antes do ingresso no programa doutoral do IUE (2008), trabalhou como assistente de investigação no projecto Comportamento Eleitoral e Atitudes Políticas dos Portugueses. Entre 2013 e 2017 foi investigador de pós-doutoramento no Instituto de Ciências Sociais. Colaborou, entre outros, nos projectos EU Profiler (que implementou uma voting advice application para as eleições Europeias de 2009) e Media Profiler (que projectou uma plataforma online para a análise comparativa dos media na União Europeia), ambos sedeados no Robert Schuman Centre for Advanced Studies (RSCAS). Mais recentemente, foi co-líder da equipa portuguesa do projecto EUandI e investigador no projecto Participation in the EU decision-making: Portugal in comparative perspective e líder da equipa portuguesa do projecto Where is My Party?. É um dos investigadores responsáveis pelo projecto Media Systems in Europe, sendo também membro activo dos projectos Changing European Elections (um consórcio entre a Universidade de Aveiro, o ICS e a Universidade do Minho), Crisis, Political Representation and Democratic Renewal (ISCTE-IUL) e Barómetro da Qualidade da Democracia (ICS-UL). É country coordinator para a Itália no projecto Varieties of Democracy, membro da rede NEPOCS e da equipa responsável pelas Sondagens ICS-ISCTE. 
Economia Política e Globalização
Doutorado em Economia (ISCTE-IUL), Mestre em Planeamento Regional em Economia (UTL) e Licenciado em Economia (ISE). Professor Auxiliar no Departamento de Economia Política e director do Mestrado em Estudos de Desenvolvimento. Lecciona no ISCTE-IUL desde 1996 nas áreas da Economia do Desenvolvimento, Economia e Planeamento do Território e Políticas Públicas em Programas Doutorais (Arquitectura) e em cursos de Mestrado (Estudos de Desenvolvimento, Estudos Internacionais, Economia e Políticas Públicas, Economia Social e Solidária e Arquitectura dos Territórios Metropolitanos Contemporâneos). É investigador do centro de investigação Dinâmia-CET. Desenvolve pesquisa em metodologia da investigação transdisciplinar, globalização e novas formas de governança local, planeamento regional e urbano para a inovação social e a resiliência territorial e avaliação 'realista' em políticas públicas. Desenvolveu também pesquisa no quadro de programas europeus de natureza experimental (Pobreza III, Emprego & Adapt, Equal, etc.), programas nacionais (Iniciativa Bairros Críticos, Programa Rede Social, etc.), e organizações internacionais como a Organização Internacional do Trabalho (OIT) (Programa STEP, Projecto CIARIS, Projecto BRIDGES) e a OCDE (Projecto IESED). É socio-fundador da Agência para a Coesão Territorial dos Açores (AGECTA) onde tem vindo a desenvolver a Academia para a Coesão nos Açores (ACA). É membro da Comissão Científica para a Implementação da Estratégia Regional Contra a Pobreza da Região Autónoma dos Açores (2018-2028) por convite do Governo Regional.
Pesquisa Bibliográfica e Análise da Informação
Possui licenciatura em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2010).  Mestre do curso de pós graduação em Serviço Social da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, ligada a linha de pesquisa Questões Socioambientais Urbanas e de Resistência Social, intregrante do grupo de pesquisa do Laboratório de Estudos Urbanos e Socioambientais - LEUS. Tem experiencia na área de Regularização Fundiária nas favelas cariocas - 2009 - 2018. Atualmente é doutoranda em Serviço Social pelo Instituto Universitário de Lisboa - ISCTE, e pesquisadora do Núcleo de Doutorandos em Serviço Social Latino-Americanos – NUDLA. Professora Assistente Convidada do Laboratório de Competências Transversais do Instituto Universitário de Lisboa - ISCTE.
Economia Política e Globalização
Professor de Economia Política e Estudos de Desenvolvimento. Investigador Integrado do Centro de Estudos Internacionais (CEI) do Iscte. Membro da European Society for the History of Economic Thought, World Economics Association e Associação Portuguesa de Economia Política. Licenciatura em Economia pelo ISEG-Universidade de Lisboa (1993), Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional pelo ISEG-Universidade de Lisboa (1996), Doutoramento em Economia pelo Iscte-Instituto Universitário de Lisboa (2009). Ampla experiência de ensino (licenciaturas, mestrados, doutoramentos) e funções de gestão académica, no Iscte e noutras instituições de ensino superior em Portugal, Moçambique e Angola: ISEG-Universidade de Lisboa, Universidade Atlântica, Instituto Politécnico de Coimbra, Universidade Eduardo Mondlane (Maputo), Universidade Católica de Angola (Luanda). Entre 1999 e 2013, exercício de funções de auditoria e consultadoria científica no Gabinete de Avaliação Educacional/ Instituto de Avaliação Educacional, Ministério da Educação de Portugal. Áreas de interesse (ensino e investigação): - História das Ideias Económicas e Políticas - Economia Política Internacional - Estudos de Desenvolvimento - Estudos Africanos
Introdução à Economia
Professora Associada com Agregação do Departamento de Economia Política do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. Agregação (2020) e Doutoramento (2005) em Economia (ISCTE), Mestrado em Economia e Política Social (ISEG, 1997), Licenciatura em Sociologia (ISCTE, 1991). Diretora da Escola de Ciências Sociais e Humanas desde 2019 (-2022). Lecciona (licenciatura, mestrado e doutoramento) desde 1991 nas áreas da história das ideias económicas, da economia social e solidária e da economia do território e do ambiente. Investigação atual desenvolvida no âmbito de projetos internacionais e nacionais, com financiamento europeu (RurAction, Horizon 2020, Marie-Curie) e nacional (Splash, Portugal 2020, Compete). Publicações, nacionais e internacionais na área de economia política, incluindo as temáticas do território, da  inovação e da sustentabilidade. Foi Diretora do Departamento de Economia Política (2016-2019), Sub-Diretora da Escola de Ciências Sociais e Humanas (2016-2019) e Vice-Presidente do Conselho Pedagógico do ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa (2014-2017).
Análise de Dados em Ciências Sociais: Multivariada I | Análise de Dados em Ciências Sociais: Multivariada II
Maria Madalena Carlos Ramos. Licenciatura em Sociologi em 1989 (ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa). Mestrado em Sociologia em 1995 (Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas). Doutoramento em Educação em 2003 (Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências). É Professora Associada, com agregação, no(a) ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa onde leciona e coordena diversas disciplinas de Estatística e Análise de Dados. É, desde 2019, Diretora do Departamento de Métodos de Pesquisa Social da Escola de Sociologia e Políticas Públicas do ISCTE-IUL. Integra o grupo de investigadores do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) e tem participado em diversos projetos de investigação, designadamente nas áreas da sociologia da família e das migrações. As suas áreas de interesse atuais são o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a fraude e integridade académica. Publicou 29 artigos em revistas especializadas. Possui 4 capítulo(s) de livros e 7 livro(s). Recebeu 6 prémio(s) e/ou homenagens. Foi Presidente do Conselho Pedagógico do ISCTE-IUL. É Vice Presidente da APS, onde coordenou o 1º levantamento nacional sobre as práticas profissionais dos diplomados em sociologia.
Métodos e Técnicas de Investigação: Intensivos
Sociedade e Políticas Sociais
  Pedro Adão e Silva (Lisboa, 1974) é professor auxiliar do departamento de ciência política e políticas públicas e o atual Diretor do Doutoramento em Políticas Públicas. É professor no ISCTE-IUL desde 2007, tendo-se licenciado em Sociologia, também no ISCTE, em 1997. Concluiu o doutoramento em Ciências Sociais e Políticas no Instituto Universitário Europeu, em Florença, em 2009, com uma tese sobre a europeização das políticas sociais. Integra a Direção do CoLABOR - Laboratório colaborativo para o Trabalho, Emprego e Proteção Social e é vice-presidente do IPPS-IUL. 
Modernidade e Questão Social
Professora Auxiliar com Agregação do Iscte-Instituto Universitário de Lisboa. Diretora do Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação. Investigadora do CIES-Iscte, desenvolve atualmente pesquisas nas áreas da "Comunicação, Tecnologias de Informação e Saúde", "Literacia em Saúde", "Gerações e Tecnologia de Comunicação". Membro da Equipa de Missão para a área da Saúde do Iscte. Coordenadora ERASMUS do Departamento de Sociologia. É Associated Editor da revista Observatório (OBS*- http://obs.obercom.pt/index.php/obs), membro do Comité Científico das Edicciones-InCom-UAB e do Comité Editorial da Revista de Comunicación y Salud (www.revistadecomunicacionysalud.org ).  É autora de vários livros e artigos nas áreas da Saúde e Comunicação, Comunicação em Rede e Jovens e Media em Portugal.
Metodologias de Avaliação | Metodologias de Planeamento
Sistemas Políticos Comparados | Teoria Política: Contemporâneos
Tiago Fernandes (PhD European University Institute, Florence, 2009) is associate professor (with habilitation) in the department of political science and public policy and a researcher of the Center for International Studies (CEI) at the University Institute of Lisbon – ISCTE (Portugal). He works on the politics of democracy, social movements and civil society, with a regional specialization on Southern Europe (https://ciencia.iscte-iul.pt/authors/tiago-fernandes/cv). Before coming to ISCTE, he was for twenty years in the faculty of Nova University of Lisbon, where he taught in the departments of sociology and political studies, was director of graduate studies and head of the department of political studies, and served in the directive board of the Portuguese Institute of International Relations (IPRI).  His most recent publications are Civil Society, Democracy, and Inequality: Cross-Regional Comparisons (1970s-2010s), Special Issue, Comparative Politics (2017) (co-edited); Memories and Movements. The Legacy of Democratic Transitions in Contemporary Anti-Austerity Protest (Oxford University Press, 2017); Late neoliberalism and its discontents: Comparing crises and movements in the European periphery (Palgrave-Macmillan, 2016) and Democracy, Institutions and Political Culture: Southern Europe, 1970s-2010s, Lisbon, Francisco Manuel dos Santos Foundation, 2019 (co-authored); Varieties of Democracy in Southern Europe, 1968-2016: A Comparison of France, Italy, Greece, Portugal, and Spain (Social Sciences Press, Lisbon, 2018) and Forty-Five Years of Democracy in Portugal: Achievements and Prospects, Lisbon, Portuguese Parliament, 2020 (co-edited). Together with Staffan Lindberg of the Varieties of Democracy Institute of the University of Gothenburg, he directs the project Varieties of Democracy in Southern Europe, which focuses on the causes and consequences of democratization in the region from the 1960s to the present and is funded by the Francisco Manuel dos Santos Foundation (https://www.v-dem.net/en/regional-centers/southern-europe/). He also coordinates the Portuguese team of the project Disobedient Democracy, led by Danijela Dolenec at the University of Zagreb and funded by the Swiss National Science Foundation, which looks at the causes and patterns of protest in the Southwest and Southeast regions of Europe (https://disdem.org/). He is also a non-resident fellow at the Center on Social Movement Studies (Scuola Normale Superiore, Florence) and head of the Varieties of Democracy Regional Center for Southern Europe. He was a visiting scholar at Princeton University, the Juan March Foundation (Madrid) and the Kellogg Institute for International Studies at the University of Notre Dame (USA) and is the recipient of the Gulbenkian Foundation award for the best article in the social sciences and the Best PhD Dissertation prize of the Portuguese Political Science Association. Before starting his academic career, he took a BA in Sociology (minors in History and Philosophy) and an MPhil in Historical Sociology at Nova University of Lisbon and an MPhil in Social and Political Sciences at the European University Institute (Florence). He also passed the national examinations for the diplomatic service at the Portuguese Ministry of Foreign Affairs, where he briefly attended the attaché training course (1997).
Contactos
Candidatar
Voltar ao topo