Mestrado

Acreditações

Logótipo da A3ES

Acreditado
2 Anos
25 fev 2019
Registo DGES
Registo inicial R/A-Ef 260/2012 de 06-09-2012
Registo de alteração R/A-Ef 260/2012/AL01 de 04-06-2015
Contactos
Candidatar
Leccionado em Português

Corpo Docente para (2020/2021)

Fundamentos do Serviço Social na Contemporaneidade | Dissertação em Serviço Social | Direitos Humanos e Serviço Social | Estágio de 2º Ciclo
Doutoramento com menção internacional pela Universidade de Huelva (UHU) no Departamento de Sociologia e Serviço Social. Professor Auxiliar em Serviço Social no ISCTE, lecionando diversas Unidades Curriculares na Licenciatura, Mestrado e Doutoramento dentro da área do Serviço Social. Coordenador Erasmus para o Serviço Social e coordenador ECTS do Departamento de Ciência Política e Políticas Públicas. Investigador integrado no CIES-Iscte, Agora (UHU) e membro do Centro de Investigação das Migrações (CIM: UHU). As áreas de interesse para a investigação estão relacionadas com as migrações (interculturalidade, superdiversidade, herança cultural nas crianças), Serviços Sociais, Desenvolvimento Comunitário, Habitação, Direitos Humanos e Exclusão Social.
Desenho da Pesquisa
João Sebastião, sociólogo, PhD em Sociologia. Professor Associado no Departamento de Ciência Política e Políticas Públicas do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa e investigador no Centro de Investigação e Estudos em Sociologia-IUL (CIES-IUL), onde foi director entre 2014 e 2020. As suas principais áreas de investigação são as desigualdades sociais na educação, políticas educativas e violência escolar. Em convergência com a investigação em sociologia da educação trabalhou como especialista na área da violência escolar para diferentes instituições nacionais e internacionais (OCDE, UE, Conselho da Europa; ou como criador e coordenador do Observatório de Segurança Escolar do Ministério da Educação português, entre outros). No CIES mantém uma linha de trabalho de ciência aplicada sobre programas sobre sucesso escolar e abandono escolar precoce, violência escolar e planos municipais de educação, cooperando com escolas, autoridades locais ou ONGs.
Ética e Serviço Social
Maria Inês Amaro Maria Inês Amaro é doutorada em Serviço Social, pela Universidade Católica Portuguesa; mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação, pelo ISCTE, e licenciada em Serviço Social, pelo Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa. Professora na licenciatura, mestrado e doutoramento em Serviço Social do ISCTE-IUL e investigadora integrada do CIES. Tem interesses de investigação nas áreas da teoria e prática do Serviço Social, da Sociedade e Tecnologia e da Exclusão Social e Trabalho. Consultora na área do planeamento social e avaliação. Autora do livro Urgências e Emergências do Serviço Social: Fundamentos da profissão na contemporaneidade (2ª edição, 2015, UCE) e dos capítulos "A dimensão relacional do fenómeno da pobreza contemporânea: desafiliação, laço social e vida urbana" (in Estudos sobre a Pobreza em Portugal, Associação Portuguesa de Sociologia, 2015, Húmus) e "Um admirável mundo novo? Tecnologia e intervenção social na contemporaneidade" (in Serviço Social - Teorias, metodologias e práticas reflexivas, 2014, Lidel, PACTOR). Co-autora dos livros Vidas de Missão: 25 anos de voluntariado do Leigos para o Desenvolvimento (2012, UCE, coord.); Os Caminhos da Pobreza: perfis e políticas sociais na cidade de Lisboa (2010, SCML, coord.s Alexandra Castro e Isabel Guerra) e Estranhos: juventude e dinâmicas de exclusão social em Lisboa (2000, Celta, coord. José Luís Garcia). Autora de artigos e traduções nas áreas de investigação assinaladas.
Crime e Sociedade | Serviço Social Internacional
Jorge Ferreira, Doutor em Serviço Social na especialidade de Serviço Social, Politicas Sociais e Sociedade, (Aprovado com Distinção e Louvor) realizado em associação entre ISCTE/ISSSL, sobre o tema: Serviço Social e Modelos de Bem-Estar para a Infância. Modus Operandi do Assistente Social na Promoção da Protecção à Criança e à Família. Mestrado em Serviço Social sobre o tema, Intervenção Social e Intervenção Judicial no problema Criança Maltratada. Relação e/ou Intersecção (ISSSL:1998), após a Licenciatura em Serviço Social (ISSSL: 1990). Realização de um curso pós-graduado no Instituto Superior de Psicologia Aplicada - História das Ideias e das grandes Doutrinas em criminologia (ISPA: 1993), frequência do ano Zero «Abordagem Sistémica» do curso de Terapia Familiar (Associação Portuguesa de terapia Familiar: 1997), realização de provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica (ISSSL: 2000) sobre o tema, Mediação e Intervenção Social em Justiça. Realização de Formação Prática de aprofundamento após Licenciatura no estrangeiro, em Reabilitação Psiquiátrica na Fundação de Waterheuvel, Amsterdão / Holanda (1993), em Reabilitação Psiquiátrica na Société Parisiene d?aide á lá Santé mental - SPASM .Paris (1993); Reinserção e Integração Profissional na Scotish Association for mental healt . Escócia (1994). Participação em programas e projectos de investigação nas áreas da Transferência dos perfis de acção, formação, para desenvolvimento da relação de ajuda aos públicos em situação de abandono (Crianças, Adolescentes) ; Trabalho Social na Europa. Modelo Comparativo em Línguas Românicas e nos domínios do Sistema de Protecção à Criança; Direitos da Criança, politicas sociais de Infância e Intervenção Social com Famílias. Tem 13 artigos científicos publicados e várias comunicações em seminários nacionais e internacionais e comunicações em congressos. Colaborador da Revista Katálisis (revista semestral com circulação em países de língua hispânica e em Portugal dirigida a Assistentes Sociais e Profissionais de áreas afins, Professores, Investigadores). Professor de diferentes Unidades Curriculares ao nível de 1º e 2º Ciclo. Professor Visitante na Universidade Complutense de Madrid (Escuela de Trabajo Social), e na Universidade de Granada (Escuela de Trabajo Social), colaborador com instituições de ensino superior em Portugal (Instituto Universitário de Lisboa . ISCTE) e nos programas de cooperação científica de docentes da Universidade Lusíada de Lisboa (Instituto Politécnico da Guarda, Instituto Politécnico de Beja, Universidade dos Açores). No ano de 2009, Acreditado Avaliador Externo das Novas oportunidades. Vogal de Júri do concurso de dirigente de grau intermédio de 2º grau da Administração Pública. Coordenador pedagógico e cientifico e professor do Curso de Especialização Tecnológica (CET) «Acolhimento em Instituição». (2008/2010). Várias participações no âmbito do Programa Socrates Erasmus (mobilidade de professores) com Universidades Europeia: Complutense de Madrid Espanha, universidade de Kalmar Suécia, Universidade de Mastrich, Holanda, Universidade Bicocca Milão Itália e Universidade de Granada Espanha. Áreas Cientificas de Formação: Teoria e Metodologia do Serviço Social, Teoria Critica e Serviço Social, Investigação em Serviço Social, Seminários de Prática em Serviço Social, Avaliação de Programas de Politicas Sociais, Serviço Social Internacional; metodologias de Investigação, Metodologias Especificas de Intervenção em Gerontologia Social, intervenção Social em Situações de Risco, Intervenção Social com Famílias Maltratantes, intervenção em Rede, Comportamentos Desviantes, Introdução à Criminologia e Vitimologia.
Métodos de Análise de Dados
Maria Madalena Carlos Ramos. Licenciatura em Sociologi em 1989 (ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa). Mestrado em Sociologia em 1995 (Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas). Doutoramento em Educação em 2003 (Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências). É Professora Associada, com agregação, no(a) ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa onde leciona e coordena diversas disciplinas de Estatística e Análise de Dados. É, desde 2019, Diretora do Departamento de Métodos de Pesquisa Social da Escola de Sociologia e Políticas Públicas do ISCTE-IUL. Integra o grupo de investigadores do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) e tem participado em diversos projetos de investigação, designadamente nas áreas da sociologia da família e das migrações. As suas áreas de interesse atuais são o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a fraude e integridade académica. Publicou 29 artigos em revistas especializadas. Possui 4 capítulo(s) de livros e 7 livro(s). Recebeu 6 prémio(s) e/ou homenagens. Foi Presidente do Conselho Pedagógico do ISCTE-IUL. É Vice Presidente da APS, onde coordenou o 1º levantamento nacional sobre as práticas profissionais dos diplomados em sociologia.
Desenho da Pesquisa | Dissertação em Serviço Social
Maria João Pena é doutorada em Serviço Social pelo ISCTE-IUL; mestre em Sociologia pelo ISCTE-IUL e licenciada em Serviço Social pelo Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa. Diretora da licenciatura em serviço social, leciona igualmente no mestrado e doutoramento em Serviço Social e é investigadora integrada do CIES. Tem como interesses de investigação a teoria e a epistemologia em serviço social, as práticas de serviço social com crianças e famílias, na escola e na deficiência. 
Desigualdades Sociais Contemporâneas
Socióloga, Diretora do Laboratório de Competências Transversais (LCT-Iscte); Professora Auxiliar do Iscte-Instituto Universitário de Lisboa | Escola de Sociologia e Políticas Públicas, Departamento de Sociologia; Investigadora e membro da Comissão Científica do CIES-IUL. É Presidente do Conselho de Deontologia da APS, Associação Portuguesa de Sociologia; Vice-Presidente da Direção do SNESup, Sindicato Nacional do Ensino Superior. Ao longo da sua carreira de investigação participou em equipas de projetos e consultorias científicas, nacionais e internacionais, investidos em temáticas especificamente sociológicas, como é o caso das Classes sociais e desigualdades sociais; a caracterização das condições de vida e orientações valorativas dos Estudantes do ensino superior; a Mudança social e estilos de vida"; "Envelhecimento e bem-estar"; "o papel do Estado na promoção da equidade", entre outras. Presentemente, é representante do CIES-IUL ESS/European Social Survey; Coordena o projeto de Investigação “Territórios de Desigualdade e Bem estar Social” (CIES-ISCTE; FFMS); é membro da equipa de investigação do eurostudent. Publicou diversos artigos nacionais e internacionais, livros e capítulos de livro, bem como participou em multiplas conferências nacionais e internacionais. Tem contribuições na revista International Studies of Sociology in Education, European Journal of Social Work, Portuguese Journal of Social Science, Sociologia, Problemas e Práticas, Revista Sociologias; Sociologia On-Line, Análise Social, entre outras. 
Desenho, Gestão e Avaliação de Políticas Públicas
  Sérgio Caramelo (Malange, 1972) é Professor Auxiliar do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, investigador no DINÂMIA’CET – Centro de Estudos sobre a Mudança Socioeconómica e o Território, Licenciado em Geografia e Planeamento Regional pela Universidade de Nova de Lisboa, Pós-graduado em Estudos Europeus e Doutorado em Geografia (especialidade de Análise Regional) pela Universidade de Salamanca, com uma tese sobre a territorialização de políticas comunitárias à escala europeia. Foi Professor Associado da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Professor Coordenador do Instituto Superior de Ciências da Administração, Professor Adjunto Convidado do Instituto Politécnico da Guarda e Vice-Presidente do IPPS - Instituto para as Políticas Públicas e Sociais. As suas principais áreas de atuação/investigação são a análise, avaliação e planeamento de políticas públicas, o planeamento regional e local e a cooperação territorial.  
Contactos
Candidatar
Voltar ao topo